Compreensão e atuação de professoras em situações de bullying e violência no ambiente escolar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24220/2318-0870v27e2022a5441

Palavras-chave:

Bullying, Educação., Escolas, Psicologia, Violência.

Resumo

Trata-se de uma pesquisa qualitativa que objetivou descrever e analisar as intervenções adotadas por professoras em situações de bullying e violência no
ambiente escolar. Baseou-se na perspectiva histórico-
-cultural, que tem Vygotsky como seu principal autor.
Os dados foram coletados em duas escolas públicas de
um município de médio porte do interior do Estado do
Paraná e foi adicionada uma terceira escola no percurso. Em um primeiro momento, disponibilizamos um questionário com perguntas abertas para as escolas
contatadas e nove professoras o responderam. Dessas nove, após a leitura e análise de suas respostas,
cinco foram selecionadas para uma entrevista semiestruturada que visava a aprofundar os dados
obtidos no questionário. Concluiu-se que as professoras não têm um conhecimento abrangente do
fenômeno bullying, o que acarreta dificuldades das mais variadas no cotidiano escolar. Nesse sentido,
indica-se a necessidade urgente de maior qualificação das profissionais da educação e de uma práxis
coletiva assumida pelas instituições de ensino para que haja uma intervenção efetiva nesse contexto.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Cruz, T. M. Espaço escolar e discriminação: significados de gênero e raça entre crianças. Educação em Revista, v. 30, p. 157-188, 2014.

Duarte, N. A escola de Vigotski e a educação escolar: algumas hipóteses para uma leitura pedagógica da psicologia

histórico-cultural. Psicologia USP, v. 7, n. 1-2, p. 17-50, 1996.

Fante, C. Fenômeno Bullying: como prevenir a violência nas escolas e educar para paz. 6. ed. Campinas: Verus Editora, 2011.

Freire, P. Pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

Gomide, D. C. O materialismo histórico-dialético como enfoque metodológico para a pesquisa sobre políticas educacionais.

In: XII Jornada do Histedbr e Seminário de Dezembro: a crise estrutural do capitalismo e seus impactos na educação pública

brasileira, 2014, Caxias. Anais [...] Caxias: Histedbr, MA/CESC, 2014.

Levandoski, G.; Cardoso, F. L. Imagem corporal e status social de estudantes brasileiros envolvidos em bullying. Revista

Latinoamericana de Psicología, v. 45, n. 1, p. 135-145, 2013.

Martins, L. M. A formação da consciência como uma das condições para a superação dos limites históricos impostos pelo

capitalismo. In: Lombardi, J. C. (org.). Crise capitalista e educação brasileira. Uberlândia: Navegando Publicações, 2016.

Martins, L. M. O desenvolvimento do psiquismo e a educação escolar: contribuições à luz da psicologia histórico-cultural e da

pedagogia histórico-crítica. Campinas: Autores Associados, 2013.

Martins, M. F. Práxis e “catarsis” como referências avaliativas das ações educacionais das ong’s, dos sindicatos e dos partidos

políticos. Avaliação, v. 16, n. 3, p. 533-558, 2011.

Pereira, D. A.; Rocha, S. F. M.; Chavez, P. M. O conceito de práxis e a formação docente como ciência da educação. Revista de

Ciências Humanas, v. 17, n. 29, p. 31-46, 2016.

Pereira, L. D. O profissional de Psicologia no CRAS: análise das práticas sócio-educativas. 2016. 108 f. Dissertação (Mestrado em

Psicologia) – Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2016.

Rauber, C. Bullying: a violência no cotidiano da escola. Eventos Pedagógicos, v. 7, n. 2, p. 316-329, 2016.

Rego, T. C. Vygotsky: uma perspectiva histórico-cultural da educação. Editora Vozes Limitada, 1995.

Silva, J. L. et al. Bullying na sala de aula: percepção e intervenção de professores. Arquivos Brasileiros de Psicologia, v. 65, n. 1, p.

-137, 2013.

Silva, P. F. et al. Limites da consciência de professores a respeito dos processos de produção e redução do bullying. Psicologia

USP, v. 28, p. 44-56, 2017.

Vygotsky, L. S. A formação social da mente. 7. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

Zequinão, M. A. et al. Desempenho escolar e bullying em estudantes em situação de vulnerabilidade social. Journal of Human

Growth and Development, v. 27, n. 1, p. 19-27, 2017.

Downloads

Publicado

2022-03-30

Como Citar

Amaral, V. F. ., & Digiovanni, A. M. P. . (2022). Compreensão e atuação de professoras em situações de bullying e violência no ambiente escolar. Revista De Educação PUC-Campinas, 27, 1–15. https://doi.org/10.24220/2318-0870v27e2022a5441