Concepções educativas morais de graduandos de Pedagogia | Moral educational conceptions of the students in Pedagogy

Karina Luciane Silva Deolindo, Luciana Maria Caetano, Solange Franci Raimundo Yaegashi

Resumo


Este artigo apresenta uma pesquisa que teve como objetivo investigar as concepções educativas morais de 58 graduandos de Pedagogia de duas universidades públicas, uma do estado de São Paulo e outra do Paraná, indagando-os quanto aos construtos obediência, justiça, respeito e autonomia. A escolha dos construtos fundamentou-se teoricamente na perspectiva piagetiana de psicologia moral. Foi utilizado o questionário “Concepções educacionais morais em graduandos de Pedagogia”, elaborado pelas autoras, o qual apresentava quatro perguntas e solicitava os respectivos exemplos. Esta pesquisa se caracteriza como um estudo de caráter descritivo, qualitativo e quantitativo. Foi observada uma tendência de respostas mais bem elaboradas por parte dos alunos cuja grade curricular continha uma disciplina destinada à construção de conhecimentos sobre moralidade e educação. Ambos os grupos, oriundos de diferentes universidades, apresentaram respostas mais alinhadas ao senso comum do que à teoria, contrariando aquilo que se esperava de sujeitos em processo de formação. Tal constatação aponta para o fato de que os cursos de Pedagogia investigados não demonstraram estar devidamente organizados e preparados para efetivarem esse tipo de formação, já que as concepções educativas morais apresentadas por seus formandos refletiram o desconhecimento de concepções educativas morais fundamentadas teoricamente.


Palavras-chave


Desenvolvimento moral. Educação. Educação moral. Formação de professores.

Texto completo:

PDF

Referências


Alencastro, S.M.R. Obediência e transgressão sob a perspectiva o adolescente no ambiente escolar. 2013. 287 f. Dissertação

(Mestrado em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

Araújo, U.F. Um estudo da relação entre o “ambiente cooperativo” e o julgamento moral na criança. 1993. 208 f. Dissertação

(Mestrado em Educação) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1993.

Araújo, U.F. O ambiente escolar e desenvolvimento do juízo moral infantil. In: Macedo, L. (Org.). Cinco estudos de educação moral. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996. p.101-131. Beluci, T.; Shimizu, A.M. Injustiças no cotidiano escolar: percepções de membros de uma escola pública. Revista Semestral da Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional. v.11, n.2, p.353-364, 2007.

Caetano, L.M. O conceito de obediência na relação pais e filhos. São Paulo: Paulinas, 2008.

Caetano, L.M. Pais, adolescente e autonomia moral: escala de concepções educativas. 2009. 249 f. Tese (Doutorado em

Psicologia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2009.

Caetano, L.M. A psicopedagogia e a educação moral. In: Yaegashi, S.F.R. (Org.). A psicopedagogia e suas interfaces: reflexões sobre a atuação do psicopedagogo. Curitiba: CRV, 2012. p.81-96.

Caetano, L.M.; Silva, D.; Souza, M.T.C.C. Escala de concepções educativas morais. Revista Liberabit, v.22, n.2, p.161-171, 2016.

Campbell, E. Teaching ethically as a moral condition of professionalism. In: Nucci, L.; Narvaez, D.; Krettenauer, T. (Ed.). Handbook of moral and character education. London: Routledge, 2014.

Carbone, R.A.; Menin, M.S.S. Injustiça na escola: representações sociais de alunos do Ensino Fundamental e Médio. Educação e Pesquisa, v.30, n.2, p.251-270, 2004.

Gurgel, T.; Moço, A. Como se resolve a indisciplina? São Paulo: Nova Escola, 2009. Disponível em: . Acesso em: 1 out. 2014.

Hildebrandt, C.; Zan, B. Constructivist approaches to moral education in early childhood. In: Nucci, L.; Narvaez, D.; Krettenauer, T. (Ed.). Handbook of moral and character education. London: Routledge, 2014.

Kohlberg, L. Stages of moral development. Moral Education, v.1, n.51, p.23-92, 1971. La Taille, Y. Formação ética: do tédio ao respeito de si. Porto Alegre: Artmed, 2009.

La Taille, Y.; Souza, L.S. Limites: três dimensões educacionais. 3. ed. São Paulo: Editora Ática, 2006.

Lepre, R.M. Desenvolvimento moral e indisciplina na escola. Nuances, v.5, n.5, p.64-68, 1999.

Lukjanenko, M.F.S.P. Um estudo sobre a relação entre o julgamento moral do professor e o ambiente escolar por ele proporcionado. 1995. 180 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Educacional) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1995.

Macedo, L. Ensaios pedagógicos: como construir uma escola para todos? Porto Alegre: Artmed, 2005.

Malhota, N. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2007.

Mantovani de Assis, O.Z. Desenvolvimento da moralidade infantil. In: Mantovani de Assis, O.Z.; Camargo de Assis, M. (Org.). Desenvolvimento moral e educação. Campinas: Centro de Aperfeiçoamento em Educação, 2007a. p.5-18.

Mantovani de Assis, O.Z. O desenvolvimento moral. In: Mantovani de Assis, O.Z.; Camargo de Assis, M. (Org.). Desenvolvimento moral e educação. Campinas: Centro de Aperfeiçoamento em Educação, 2007b. p.19-25.

Menin, M.S.S. Desenvolvimento moral. In: Macedo, L. (Org.). Cinco estudos de educação moral. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996. p.37-100.

Menin, M.S.S. Valores de professores. In: Mantovani de Assis, O.Z.; Camargo de Assis, M. (Org.). Desenvolvimento da autonomia no contexto escolar. Campinas: Centro de Aperfeiçoamento em Educação, 2007. p.129-142.

Moraes, R. Análise de conteúdo. Revista Educação, v.22, n.37, p.7-32, 1999.

Perrenoud, P. A formação dos professores no século XXI. In: Perrenoud, P.; Thurker, M.G. (Org.). As competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Porto Alegre: Artmed, 2002. p.11-59.

Piaget, J. Para onde vai a educação? 10. ed. Rio de Janeiro: José Olympio, 1988.

Piaget, J. O juízo moral na criança. São Paulo: Summus, 1994.

Piaget, J. Os procedimentos da educação moral. In: Macedo, L. (Org.). Cinco estudos de educação moral. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996. p.1-36.

Smetana, J. Social-cognitive domain theory: Consistencies and variations in children’s moral and social judgments. In: Killen, M.; Smetana, J. (Ed.). Handbook of moral development. London: Lawrence Erlbaum Associates, 2006.

Smetana, J. Beliefs about parental authority. In: Smetana, J. Adolescents, families and social development: How teens construct their worlds. Malden: Wiley-Blackwell, 2011. p.172-191.

Smetana, J.; Asquith, P. Adolescents’ and parents’ conceptions of parental authority and personal autonomy. Child Development, v.65, n.4, p.1147-1162, 1994.

Smetana, J.; Crean, H.; Campione-Barr, N. Adolescents’ and parents’ changing conceptions of parental authority. New Directions for Child and Adolescent Development, v.2005, n.108, p.31-46, 2005.

Snarey, J.; Samuelson, P. Constructivist approaches to moral education in early childhood. In: Nucci, L.; Narvaez, D.; Krettenauer, T. (Ed.). Handbook of moral and character education. London: Routledge, 2014.

Trevisol, M.T.C.; Rhoden, H.V.; Hoffelder, S.H. A virtude moral da justiça em foco: um estudo sobre a compreensão de alunos entre 6 e 7 anos. Roteiro, v.34, n.2, p.295-310, 2009.

Veiga, I.P.A.; Viana, C.M.Q.Q. Formação de professores: um campo de possibilidades inovadoras. In: Veiga, I.P.A.; Silva, E.F. (Org.). A escola mudou: que mude a formação de professores. Campinas: Papirus, 2010. p.13-34.

Vinha, T.P. O educador e a moralidade infantil: uma visão construtivista. 1997. 410 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Educacional) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 1997.

Vinha, T.P. Os conflitos interpessoais na relação educativa: problemas a serem resolvidos ou oportunidades de aprendizagem? In: Mantovani de Assis, O.Z.; Camargo de Assis, M. (Org.). Desenvolvimento moral e educação. Campinas: Centro de Aperfeiçoamento em Educação, 2007. p.5-28.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v23n3a3994

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.