Aplicabilidade terapêutica da cannabis medicinal para tratamento da doença de Alzheimer

Autores

  • Sérgio Spezzia Pesquisador Autônomo.

Palavras-chave:

Canabidiol, Canabinoides, Cannabis, Demência, Doença de Alzheimer

Resumo

A doença de Alzheimer constitui transtorno neurodegenerativo, progressivo em que se encontra evidenciada a diminuição da capacidade cognitivo comportamental e funcional. Nela ocorre comprometimento na realização das atividades de vida diárias pelos enfermos à medida que a doença evolui. Uma alternativa terapêutica para enfrentamento da doença de Alzheimer envolve o uso da cannabis medicinal para tratamento. O objetivo deste artigo foi por intermédio da realização de uma revisão de literatura verificar como a cannabis medicinal pode ser utilizada no tratamento da doença de Alzheimer. Realizou-se revisão narrativa de literatura e levantamento de estudos e artigos que tratavam acerca do uso da cannabis medicinal no tratamento da doença de Alzheimer com busca nas bases de dados Google Acadêmico e PubMED. O tratamento da doença de Alzheimer com fármacos possui deficiências nos estágios evolutivos dessa patologia e busca-se alternativas terapêuticas, fazendo-se uso do sistema endocanabinoide. O uso medicinal do cannabis deve continuar sendo estudado, visando obter melhorias e a disponibilização de maiores recursos e terapêuticas para enfrentamento das demências, dentre as quais encontra-se a doença de Alzheimer. O recurso  da utilização da cannabis medicinal pode atuar minimizando a sintomatologia da doença de Alzheimer, concomitantemente possibilitando melhores condições e qualidade de vida aos pacientes enfermos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Park MS, Kim YM. Study on syndrome differentiation of dementia. JPPKM. 2014;28(3):251-62.

Gontijo FEK, Pascale MA. Ergonomia como recurso terapêutico para acometidos de doença de Alzheimer: estudo de caso sobre adequação de mobiliário. Rev Ação Ergonômica. 2017;11(1).

Couto MSB. O Teste de Neuf Images 93: estudo preliminar de validade e dados normativos numa amostra portuguesa de idosos analfabetos e com baixo nível de escolaridade [dataset] 2019 [citado 27 nov. 2023]. In: Ceusp Repository [Internet]. Disponível em: https://repositorio.cespu.pt/handle/20.500.11816/3049

Matos RLA, Spinola LA, Barboza LL, Garcia DR, França TCC, Affonso RS. O uso do canabidiol no tratamento da epilepsia. Rev Virtual de Química. 2017;9(2):786-814.

Han DY, Park NE, Kim SH, Jeong DG. The effect of oral administration of herbal medicines on memory in Alzheimer’s disease animal models: a review of animal study reports published in Korea. JPPKM. 2017;28(4):359-71.

Nocetti CT, Ribeiro TGL. Uso de canabinoides como adjuvante no tratamento da Doença de Alzhemer. Braz J Surg Clin Res.2020;32(3):104-11.

Falco A, Cukierman DS, Hauser-Davis RA, Rey NA. Doença de Alzheimer: hipóteses etiológicas e perspectivas de tratamento. Rev Química Nova, 2016;39(1):63-80.

Cardoso SR. Canabidiol: estado da arte e os caminhos para a regulamentação no Brasil [dataset]. 2019 [acesso em: 15 nov. 2021]. In: Repositório UFC. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/49582/1/2019_dis_srcardoso.pdf

Gontijo EC, Castro GL, Petito ADC, Petito G. Canabidiol e suas aplicações terapêuticas. Rev Eletr Faculdade de Ceres. Ceres, 2016;5(1):1-9.

Monteiro ACL. Mecanismo de ação e principais limitações da terapêutica das demências. 2014 [citado 27 nov. 2023]. Dissertação de Mestrado. Disponível em: https://recil.ensinolusofona.pt/bitstream/10437/9900/1 /ana%20monteiro%20tese%20entregue%20dia%2013%20de%20maio.pdf

Baraúna K, Santana P, Pitanga TN. Avanços farmacológicos para o tratamento/retardo da doença de alzheimer. SEMOC-Semana de Mobilização Científica-Alteridade, Direitos Fundamentais e Educação, 2018 [citado 27 nov. 2023]. Disponível em: http://144.202.108.83:8080/xmlui/bitstream/handle/prefix/1188/ Avan%C3%A7os%20farmacol%C3%B3gicos%20para%20o%20tratamento/retardo%20 da%20doen%C3%A7a%20de%20alzheimer.pdf?sequence=1

Birks JS. Cholinesterase inhibitors for Alzheimer’s disease. Cochrane Database Syst Rev. 2006;1:CD005593.

Glass M. The role of cannabinoids in neurodegenerative diseases. Prog Neuropsychopharmacol Biol Psychiatry. 2001;25(4):743-65.

Downloads

Publicado

2023-01-01

Como Citar

Spezzia, S. (2023). Aplicabilidade terapêutica da cannabis medicinal para tratamento da doença de Alzheimer. Revista De Ciências Médicas, 32. Recuperado de https://seer.sis.puc-campinas.edu.br/cienciasmedicas/article/view/5582

Edição

Seção

Atualização