O RUÍDO DE LAZER NA SAÚDE AUDITIVA DOS JOVENS: UMA REVISÃO DE LITERATURA

Autores

  • Serie Acadêmica
  • Juliana Arisa SAKATA PUC-CAMPINAS
  • Lausane Christina DOURADO PUC-CAMPINAS
  • Beatriz Servilha BROCCHI PUC-CAMPINAS

Resumo

Introdução: O ruído é um dos principais agentes otoagressores da atualidade, presente em ambientes de lazer e entretenimento, em que os jovens estão ativamente envolvidos e, consecutivamente, sujeitos a essa exposição. Objetivo: Apresentar uma revisão de literatura sobre a realidade auditiva dos jovens expostos ao ruído em atividades de lazer. Método: Levantamento de estudos publicados até junho de 2017 em português e inglês, realizados no Brasil. A busca foi realizada por descritores combinados nas bases de dados LILACS, SciELO e MEDLINE via PubMed. Foram incluídos artigos com a faixa etária de 16 a 30 anos, buscando contemplar a população adolescente e jovem adulta. Em seguida, fez-se uma análise descritiva e quantitativa dos hábitos auditivos, tempo de exposição, sintomas otológicos e grau de conscientização à exposição. Resultados: Os achados do presente estudo evidenciaram que os jovens se expõem voluntariamente a níveis de pressão sonora relativamente elevados, principalmente com o uso de fones de ouvido em tocadores de música portáteis e que o zumbido é a principal queixa otológica. Conclusão: Por meio da revisão dos estudos, pôde-se concluir que a população jovem está associada ao ruído de lazer e que, como consequência desses hábitos de exposição à música elevada, prejuízos auditivos futuros podem vir a impactar a qualidade de vida dessas pessoas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

MINISTÉRIO DA SAÚDE, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas, Estratégicas. Saúde do Trabalhador - Protocolos de Complexidade Diferenciada [Internet]. Brasil. [cited 2017 May 30]. Available at: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/ publicacoes/protocolo_perda_auditiva.pdf.

FUNDAÇÃO DE AMPARO À PESQUISA DO ESTADO DE SÃO PAULO. Atual geração de adolescentes poderá desenvolver surdez precoce [Internet]. São Paulo. [cited 2017 May 29]. Available at: http://agencia.fapesp.br.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Análise da População de Jovens no Brasil [Internet]. Brasil. [cited 20177 May 29]. Available at: http://www .ibge.gov.br.

SANCHES, T. G.; MORAES, F.; CASSEB, J.; COTA, J.; FREIRE, K.; ROBERTS, L.E. Tinnitus is associated with reduced sound level tolerance in adolescents with normal audiograms and otoacoustic emissions. Rev Scientifi c Reports. 2006; 27:1-8.

BOGER, M. E.; BARBOSA-BRANCO, A.; OTTONI, A. C. The noise spectrum infl uence on Noise-Induced Hearing Loss prevalence in workers. Braz j otorhinolaryngol. 2009; 75:328-34.

MORATA, T. C. Young people: their noise and music exposures and the risk of hearing loss. Int J Audiol. 2007; 46:111-2.

SANTOS, L.; MORATA, T. C.; JACOB, L. C.; ALBIZU, E.; MARQUES, J. M.; PAINI, M. Music exposure and audiological fi ndings in Brazilian disc jockeys (DJs). Int J Audiol. 2007; 46:223-31.

BASTOS, H. F. F. A.; RIOS, J. R.; CERQUEIRA, L. S. O Comportamento do Consumidor de Casas de Shows: uma Análise com o Jovem, In: Anais do XI Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, 2013; Bahia. Salvador: União Metropolitana de Educação e Cultura (UNIME) [Internet]. Salvador. [cited 2017 May 30]. Available at: http://www.aedb.br/seget/a rquivos/ artigos14/44320523.pdf.

ANDRADE, A. I. A.; RUSSO, I. C. P.; LIMA, M. L. L. T.; OLIVEIRA, L. C. S. Hearing evaluation in frevo and maracatu's musicians. Braz j otorhinolaryngol. 2002; 68:714-20.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Normas para lazer [Internet]. Brasil. [cited 2017 September 12]. Available at: http://www.abnt.org.br/.

BRASIL. Presidência da República, Subchefi a para Assuntos Jurídicos. Lei nº 12.852, de 5 de agosto de 2013. Institui o Estatuto da Juventude e dispõe sobre os direitos dos jovens, os princípios e diretrizes das políticas públicas de juventude e o Sistema Nacional de Juventude - SINAJUVE [Internet]. Brasília. [cited 2017 September 12]. Available at: http:// www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2013/ lei/l12852.htm.

INTERNATIONAL LABOUR ORGANIZATION (SWITZERLAND), LABOUR MARKET TRENDS AND POLICY EVALUATION UNIT. World Employment and Social Outlook 2016: Trends for youth [Internet]. Geneva: ILO - International Labour Offi ce. [cited 2017 September 12]. Available at: http://www.ilo.org/wcmsp5/ groups/public/---dgreports/---dcomm/---publ/documents/publication/wcms_513739.pdf.

ZOCOLI, A. M.; MORATA, T. C.; MARQUES, J. M.; CORTELETTI, L. J. Brazilian young adults and noise: attitudes, habits, and audiological characteristics. Int Tinnitus J. 2009; 48:692-9.

KUCHAR, J.; JUNQUEIRA, C. M. C. Speech intelligibility with and without noise in individuals exposed to electronic music. Braz j otorhinolaryngol. 2010;7 6:280-6.

FIGUEIREDO, R. R.; AZEVEDO, A. A.; OLIVEIRA, P. M.; AMORIN, S. P. V.; RIOS, A.G.; BAPTISTA, V. Incidence of tinnitus in mp3 player users. Braz j otorhinolaryngol. 2011; 77:293-8.

SILVA, V. G.; JANSEN, G. M. B.; TAUIL, P. L.; OLIVEIRA, C. A. C. P.; SAMPAIO, A. L. L. Hair cell alteration prevalence rates in students of a school in Distrito Federal. Braz j otorhinolaryngol. 2012; 78:91-7.

LUZ, T.S.; BORJA, A. L. V. F. Hearing symptoms personal stereos. Int Arch Otorhinolaryngol. 2012; 16:163-9.

MELO, T. Audiological profi le of young users of personal listening devices. Distúrb comun. 2014; 26:337-47.

GONÇALVES, C. L.; DIAS, F. A. M. Audiological fi ndings in young users of headphones. Rev CEFAC. 2014; 16:1097-108.

SUMERA, M. A. Audiological, metabolic and quality of life assessment in the young personal stereo user with tinnitus [dissertation]. Marília: Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho; 2015.

SILVESTRE, R. A. A.; LACERDA, A. B. M.; HAMMERSCHMIDT, R.; RIBAS, A. High-frequency profi le in adolescents and its relationship with the use of personal stereo devices. J Pediatr. 2016; 92:206-11.

HERRERA, S.; LACERDA, A. B; LÜRDES, D.; ROCHA, F.; ALCARÀS, P.A.; RIBEIRO, L. H. Amplifi ed music with headphones and its implications on hearing health in teens. Int Tinnitus J. 2016; 20:42-7.

VASCONSELOS, S. D.; CORREIA, J. C.; MUNIZ, L. R.; SANTOS, E. M.; ALBUQUERQUE, A. V.; COSTA, A. A. Perception of health disorders among workers with exposed music electronically amplifi ed in discotheques of Recife. R Ci méd biol. 2007; 6:298-305.

SANTANA, B. A.; ALVARENGA, K. F.; CRUZ, P. C.; QUADROS, I. A.; JACOB-CORLETETTI, L. C. B. Prevention in a school environment of hearing loss due to leisure noise. Audiol Commun Res. 2016; 21:1-8.

KIM, M.G.; HONG, S. M.; SHIM, H. J.; KIM, Y.D.; CHA, C. I.; YEO, S. G. Hearing Threshold of korean adolescents associated with the use of personal music players. Yonsei Medical Journal. 2009; 50:771-6.

MARTINS, J. P. F.; MAGALHÃES, M. C.; SAKAE, T. M.; MAGAJEWSKI, F. R. L. Evaluation of noise-induced hearing loss in musicians of Tubarão-SC. Arquivos Catarinenses de Medicina. 2008;37:69-74.

CORREA, B.M.; SILVEIRA, A. F.; BONFANTE, D.; COSTA, M. J.; BIAGGIO, E. P. V. Habits and hearing complaints of teenagers users of personal stereos. Rev CEFAC. 2016; 18:348-54.

HANAZUMI, A.; GIL, D.; IÓRIO, M. C. M. Hearing habits and audiological evaluation in adults. Audiol Commun Res. 2013; 18:179-85.

RUSSO, I. C. P; SANTOS, T. M. M; BUSGAIB, B. B.; OSTERNE, F. J. V. A Comparative Study of the Effects of Music Exposure in "Trio Elétrico" Musicians. Rev Bras Otorrinolaringol. 1995; 61:477-84.

MCNEILL, K.; KEITH, S. E.; FEDER, K.; KONKLE, A. T.; MICHAUD, D. S. MP3 player listening habits of 17 to 23 year old university students. J Acoust Soc Am. 2010; 128:646-53.

Downloads

Publicado

2022-02-18

Como Citar

Acadêmica, S., SAKATA, J. A. ., DOURADO, L. C. ., & BROCCHI, B. S. . (2022). O RUÍDO DE LAZER NA SAÚDE AUDITIVA DOS JOVENS: UMA REVISÃO DE LITERATURA. Série Acadêmica, 38(jul./dez.). Recuperado de https://seer.sis.puc-campinas.edu.br/serieacademica/article/view/5719

Edição

Seção

Artigos