Da tragédia à catástrofe: o renascimento do imaginário religioso

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24220/2447-6803v46e2021a5344

Palavras-chave:

Atentado 11 de Setembro., Decadência., Nietzsche., Religião.

Resumo

 O objetivo do artigo é pensar o mundo religioso atual a partir de dois choques: o primeiro, a saber, a martelada nietzscheana nos estudos filosóficos e teológicos, tendo, como desdobramento, uma reação hermenêutica ao longo do século XX comprometida com a ressignificação do mundo religioso. A segunda, por sua vez, marcando o fim do século XX e o início do século XXI, o atentado às Torres Gêmeas do edifício World Trade Center localizado em Nova Iorque (EUA), que modificou, pelo menos num grau do imaginário, o mundo até então conhecido.

Biografia do Autor

Rineu Quinalia Filho, Universidade Metodista de São Paulo

Universidade Metodista de São Paulo, Faculdade de Humanidades, Programa de Pós-Graduação em Filosofia. São Paulo, SP, Brasil.

Vitor Chaves de Souza, Universidade Metodista de São Paulo

Universidade Metodista de São Paulo, Faculdade de Teologia, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião. R. Alfeu Tavares, 149, Rudge Ramos, 09641-000, São Bernardo do Campo, SP, Brasil. Correspondência para/Correspondence to: V.C. SOUZA. E-mail: <vitor.chaves@metodista.br>.

Referências

Addis, L. Nietzsche’s Ontology. Heusenstamm: Ontos Verlag, 2012.

Aristóteles. Arte retórica e arte poética. São Paulo: Edições de Ouro, n/d.

Aristóteles. Poética. São Paulo: Editora 34, 2015.

Byman, D. Al-Qaeda, the Islamic State and the global jihadist movement: what everyone needs to know. Oxford: Oxford University Press, 2015.

Fink, E. Nietzsche’s philosophy. London: Bloomsbury Academic, 2003.

Giacoia Junior, O. O humano como memória e como promessa. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 2014.

Gomes, A. T.; Mikhael, M. M. Terror or terrorism? Al-Qaeda and the Islamic State in comparative perspective. Brazilian Political Science Review, v. 12, n. 1, e0002, 2018. https://doi.org/10.1590/1981-3821201800010002

Heath-Kelly, C.; Jarvis, L. Affecting terrorism: laughter, lamentation, and detestation as drives to terrorism knowledge. International Political Sociology, v. 11, n. 3, p. 239-256, 2017. https://doi.org/10.1093/ips/olx007

Heidegger, M. A declaração nietzscheana “Deus está morto”. Natureza Humana, v. 5, n. 2, p. 471-526, 2003.

Heidegger, M. Nietzsche. 2. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2014.

Jackson, R. The study of terrorism after 11 September 2001: problems, challenges and future developments. Political Studies Review, v. 7, n. 2, p. 171-184, 2008.

Jaspers, K. Nietzsche: an introduction to the understanding of his philosophical activity. Baltimore: Johns Hopkins University Press, 1997.

Juergensmeyer, M. “Thinking about Religion after September 11”. Journal of the American Academy of Religion, v. 72, n. 1, p. 221-234, 2004. Available from: www.jstor.org/stable/40005884. Cited: Mar. 12, 2021.

Kenny, A. Uma nova história da filosofia ocidental: filosofia no mundo moderno. São Paulo: Loyola, 2009. v. 4.

Lesky, A. A tragédia grega. São Paulo: Perspectiva, 1996.

Lincoln, B. Holy terrors: thinking about religion after September 11. Chicago: University of Chicago Press, 2003.

Machado, R. Nietzsche e o renascimento do trágico. Kriterion, v. 46, n. 112, p. 174-182, 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-512X2005000200003&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 21 mar. 2020.

Magnus, B.; Higgins, K. The cambridge companion to Nietzsche. Cambridge: Cambridge University Press, 1996.

Marton, S. Dicionário Nietzsche. São Paulo: Loyola, 2016.

Nietzsche, F. O nascimento da tragédia ou helenismo e pessimismo. São Paulo: Companhia das Letras, 1992.

Ricoeur, P. Religião, ateísmo e fé: o conflito das interpretações. Porto: Rés-Editora, 1989.

Schröder, G. Full solidarity with the United States (September 12, 2001). Carta. Alemanha: GHDI, 2001. Available from: https://ghdi.ghi-dc.org/sub_document.cfm?document_id=3724. Cited: Feb. 24, 2020

Souza, A. M.; Nasser, R. M.; Moraes, R. F. (org.). Do 11 de setembro de 2001 à guerra ao terror: reflexões sobre o terrorismo no século. Brasília: IPEA, 2014.

Schuhl, P. Platão e a arte de seu tempo. São Paulo: Discurso, 2020.

Tillich, P. Dinâmica da fé. 3. ed. São Leopoldo: Sinodal, 1985.

Uecker, J. E. Uecker, J. E. Religious and spiritual responses to 9/11: evidence from the add Health study. Sociological spectrum: The Official Journal of the Mid-South Sociological Association, v. 28, n. 5 p. 477-509, 2008. https://doi. org/10.1080/02732170802206047

Downloads

Publicado

30-08-2021

Como Citar

Quinalia Filho, R., & de Souza, V. C. (2021). Da tragédia à catástrofe: o renascimento do imaginário religioso. Reflexão, 46, 1-10. https://doi.org/10.24220/2447-6803v46e2021a5344

Edição

Seção

Seção Temática: O "11 de setembro", 20 anos depois