Sistema de Informações Geográficas como ferramenta de análise espacial e tabular para a implantação de praças e parques urbanos | Geographical information system as a tool for spatial and table analysis for the implementation of public squares and urban parks

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24220/2318-0919v18e2021a5029

Palavras-chave:

Espaços livres, Geoprocessamento, Planejamento urbano, População.

Resumo

Este artigo visa apresentar o recorte da pesquisa de mestrado sobre a identificação de espaços livres potenciais para a implantação de praças e parques urbanos da cidade média de Santa Maria (Rio Grande do Sul, Brasil). Através do uso de ferramentas de um Sistema de Coordenadas Geográficas, a análise sistêmica de geodados espaciais (cartográficos) e alfanuméricos (tabulares) é utilizada para analisar a espacialização e cruzamento de parâmetros ambientais, de equipamentos comunitários e de informações socioeconômicas existentes na cidade. A partir do cruzamento de informações sobre os raios de atendimento de praças e parques com dados de população e renda, pode-se delimitar onde existem déficits de áreas de lazer e recreação na cidade. A análise dos resultados permite avançar em uma proposta geral de diretrizes que devem estar de acordo com as deficiências, condicionantes e potencialidades de cada região de Santa Maria, a fim de que esses equipamentos sejam implantados no futuro por meio de estratégias urbanísticas e que sejam preservados a partir de um eficiente sistema de gestão e manutenção.

Biografia do Autor

Renata Michelon Cocco, Universidade Federal de Santa Maria

Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo.

Luis Guilherme Aita Pippi, Universidade Federal de Santa Maria

Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo.

Raquel Weiss, Universidade Federal de Santa Maria

Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Tecnologia, Programa de Pós-Graduação em Arquitetura, Urbanismo e Paisagismo.

Referências

BRASIL. Lei nº 12.651 de 25 de maio de 2012. Dispõe sobre a proteção da vegetação nativa; altera as Leis nºs 6.938, de 31 de agosto de 1981, 9.393, de 19 de dezembro de 1996, e 11.428, de 22 de dezembro de 2006; revoga as Leis nºs 4.771, de 15 de setembro de 1965, e 7.754, de 14 de abril de 1989, e a Medida Provisória nº 2.166-67, de 24 de agosto de 2001; e dá outras providências. Brasília: Senado Federal, 2012. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/leis_2001/l10257.htm. Acesso em: 21 jun. 2019.

COCCO, R. M.; PIPPI, L. G. A. Sistema de Espaços Livres da cidade média de Santa Maria, RS: fragmentação da paisagem urbana e espaços livres potenciais. In: CONFERÊNCIA DA REDE LUSÓFONA DE MORFOLOGIA URBANA E PORTUGUESE-LANGUAGE NETWORK OF URBAN MORPHOLOGY, 8., 2019, Maringá. Anais [...]. Maringá: UEM, 2019. p. 123-132. Disponível em:https://drive.google.com/file/d/1EOn_hl8MYyS7Cw7XI8quuBpI8RRL4TOi/view. Acesso em: 18 maio 2020.

FORMAN, R. T. T. Land mosaics: the ecology of landscapes and regions. Cambridge: Cambridge University Press, 1995.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. População estimada. Rio de Janeiro: IBGE, 2019. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/rs/santa-maria/panorama. Acesso em:

maio 2020.

KLIASS, R. G.; MAGNOLI, M. M. Áreas verdes de recreação. Paisagem e Ambiente: Ensaios, n. 21, p. 245-256, 2006.

LANG, S.; BLASCHKE, T. Análise da paisagem com SIG. São Paulo: Oficina de Textos, 2009.

PIPPI, L. G. A. Social network interaction and behaviors on recreational greenways and their role in enhancing greenway potential. 2014. 846 f. Thesis (PhD in Design) – North Carolina State University, Raleigh, 2014.

PIPPI, L. G. A. et al. A dinâmica dos espaços livres intraurbanos da cidade de Santa Maria-RS. Paisagem e Ambiente: Ensaios, n. 29, p. 189-225, 2011.

PIPPI, L. G. A. et al. Utilização de multimétodos de caracterização e análise da paisagem e dos espaços livres intraurbanos de Santa Maria-RS. Paisagem e Ambiente: Ensaios, n. 36, p. 139-175, 2015.

PIPPI, L. G. A. et al. O sistema de espaços livres e a forma urbana da cidade de Santa Maria-RSBrasil: caracterização das dinâmicas espaciais e funcionais. In: MACEDO, S. S. et al. (org.). Quadro geral da forma e do sistema de espaços livres das cidades brasileiras. São Paulo: FAUUSP, 2018.

Livro 2, p. 260-296.

ROBBA, F.; MACEDO, S. S. Praças brasileiras: public squares in Brazil. 3. ed. São Paulo: Edusp, 2010.

SAKATA, F. G. Parques urbanos no Brasil: 2000 a 2017. 2018. 340 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2018.

Downloads

Publicado

27-04-2021

Edição

Seção

Artigos de Pesquisa