Sobre a Revista

Estudos de Psicologia (Campinas) é um periódico de publicação avançada do programa de Pós-Graduação em Psicologia do Centro de Ciências da Vida da Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Fundada em 1983, incentiva contribuições da comunidade científica nacional e internacional.

Tem por missão promover e divulgar o conhecimento científico e técnico na área de Psicologia, bem como discutir o significado de práticas nos campos profissionais e da pesquisa, por meio da publicação de artigos originais que representem contribuições relevantes para a área e suas interdisciplinariedades. Publica, também, trabalhos teóricos, revisões críticas e comunicações relevantes à Psicologia como ciência e profissão.

Atualmente está classificada como A1 na lista Qualis/Capes e é indexada nas seguintes bases de dados nacionais e internacionais: Clase, DOAJ, Index Psi, Latindex, LILACS, PsycINFO, Psicodoc, RedaLyc, Scopus e SciELO.

A Estudos de Psicologia estimula as contribuições da comunidade científica nacional e internacional. Todos os artigos devem ser submetidos de forma eletrônica, pela página da ScholarOne, através do link: <http://mc04.manuscriptcentral.com/estpsi-scielo>.

A Estudos de Psicologia não cobra taxas de submissão e/ou publicação.

A Estudos de Psicologia verificará, por meio de uma ferramenta de detecção de plágio, todos os artigos submetidos antes de enviar para a revisão por pares.

A abreviatura de Estudos de Psicologia é Estud. Psicol. (Campinas, Online), que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé e em referências e legendas bibliográficas.

Direitos autorais e licença de uso

Em todos os artigos publicados pela Estudos de Psicologia (Campinas), os direitos autorais são mantidos pelos autores. Os artigos são protegidos sob uma licença Creative Commons CC BY 4.0 de acesso aberto, o que significa que qualquer pessoa pode baixar e ler o artigo sem nenhum custo. Ainda, o artigo pode ser reutilizado e citado desde que seja mencionada a versão original publicada. Essas condições permitem o máximo uso e exposição do estudo, garantindo, ao mesmo tempo, que os autores recebam o devido crédito.

Patrocinadores

A publicação da revista é financiada com recursos das seguintes instituições:

Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas);

Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq.

Instruções aos autores

Escopo e políticas

A Revista Estudos de Psicologia (Campinas) (e-ISSN 1982-0275) tem por missão promover e divulgar o conhecimento científico e técnico na área de Psicologia, bem como discutir o significado de práticas no campo profissional e da pesquisa, por meio da publicação de artigos originais que representem contribuições relevantes para a área de Psicologia. A Revista adota a modalidade de publicação contínua desde 2019.

Publica também, trabalhos teóricos, revisões críticas e comunicações relevantes à Psicologia como ciência e profissão incentivando contribuições da comunidade científica nacional e internacional.

São aceitos artigos originais para as seguintes áreas: Psicologia do Desenvolvimento, Psicologia Social, Psicologia Cognitiva, Percepção e Neurociência, Psicologia Escolar e Educacional, Psicologia Comunitária, Psicologia Clínica e Psicoterapias, Psicologia da Saúde, Avaliação Psicológica, Psicologia Organizacional e do Trabalho.

A Estudos de Psicologia (Campinas) não publica mais que 1 (um) artigo do mesmo autor (tanto na posição de autor principal quanto na de coautor) no mesmo ano (volume). Esse procedimento visa aumentar o número de temas e de colaborações provenientes de autores nacionais e internacionais.

A revista Estudos de Psicologia (Campinas) em conformidade com o movimento da Ciência Aberta apoia o uso de servidores preprints e aceita manuscritos depositados previamente em servidores confiáveis como o SciELO Preprints: https://preprints.scielo.org/index.php/scielo/user/register

A Revista apoia o uso de repositórios para depósito que visam a preservação, disseminação e reutilização de dados como o SciELO Data: https://data.scielo.org/

Política de acesso público

A Revista é adepta ao Acesso Aberto (Open Access), e todo o seu conteúdo é disponível e protegido sob a Licença Creative Commons (CC-BY).

Política de depósito de dados

Os dados são os registros científicos que validam os resultados da pesquisa. Dados de pesquisa variam de acordo com a área de conhecimento e abrangem: documentos textuais, planilhas, estatísticas, cadernos de laboratório, cadernos de campo, diários, questionários, transcrições, arquivos de áudio, vídeo, fotografias, metodologias, fluxos de trabalho, relatórios parciais e outros materiais elaborados e/ou coletados durante o desenvolvimento da pesquisa. Apoiados nos princípios FAIR (Findable, Accessible, Interoperable e Reusable [Achável, Acessível, Interoperável, Reutilizável]), a Revista de Nutrição recomenda que os dados da pesquisa sejam depositados no Scielo Data após a aprovação dos manuscritos e que o Guia de depósito de dados de pesquisa seja consultado para tal finalidade.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Plágio e boa conduta acadêmica

A revista Estudos de Psicologia (Campinas) verificará os artigos por meio da ferramenta de detecção de plágio CrossCheck, para identificação de similaridade de textos. A Revista considera o plágio e autoplágio práticas que ferem a integridade científica. Tais ações serão levadas para avaliação do Conselho Editorial. Os autores serão informados da situação e resultados dessa Etapa.

Considerações Éticas

Manuscritos com pesquisas relacionadas a seres humanos e animais devem declarar no corpo do texto que realizaram suas pesquisas respeitando os princípios éticos de seus respectivos países, bem como potenciais conflitos de interesse.

Conflitos de interesse

Autores: Os autores devem declarar, de forma explícita, individualmente, qualquer potencial conflito de interesse financeiro, direto e/ou indireto, e não financeiro etc.

Autoria

A Revista se limita a publicar artigos com até sete autores e o crédito de autoria deverá ser baseado em contribuições substanciais, tais como: (I) concepção e desenho, (II) análise e interpretação dos dados e discussão dos resultados, e (III) revisão e aprovação da versão final do artigo. Não se justifica a inclusão de nomes de autores cuja contribuição não se enquadre nos critérios acima.

O vínculo institucional deverá ser informado em até três níveis. (Ex: Universidade, Faculdade, Programa, Centro, Escola, Departamento). A indicação do autor de correspondência deverá se basear no maior grau de titulação e todos os autores devem possuir e informar o número do registro ORCID® O cadastro é gratuito disponível em: https://orcid.org/.

A Revista recomenda fortemente que todos os autores e coautores tenham seus currículos atualizados na Plataforma Lattes, para submissão de artigos.

Importante: não serão aceitas inclusões ou exclusões de autores após submissão.

Processo de avaliação

Todos os manuscritos só iniciarão o processo de tramitação se estiverem de acordo com as Instruções aos Autores. Caso contrário, serão devolvidos para adequação às normas, inclusão de carta ou de outros documentos eventualmente necessários.

Os originais serão aceitos para avaliação desde que não tenham sido enviados simultaneamente para nenhum outro periódico e/ou publicados anteriormente em eventos, preservando o caráter inédito do artigo.

Os autores devem indicar três possíveis revisores para o manuscrito com os respectivos e-mails e as instituições as quais estão vinculados (os revisores devem atuar na mesma área do artigo submetido e devem ser de instituições diferentes dos autores). Opcionalmente, podem indicar três revisores para os quais não gostaria que seu trabalho fosse enviado.

Apreciação pelo conselho editorial

Pré-análise: a avaliação é feita pelos Editores Científicos com base na originalidade, pertinência, qualidade acadêmica e relevância do manuscrito para a área de psicologia.

Se aprovados nessa fase, os manuscritos serão encaminhados aos revisores ad hoc selecionados pelos editores. Cada manuscrito será enviado para três revisores de reconhecida competência na temática abordada, podendo um deles ser escolhido a partir da indicação dos autores. Em caso de desacordo, o original será enviado para um quarto revisor e assim sucessivamente.

Processo de julgamento dos manuscritos

O processo de avaliação por pares é o sistema de blind review, procedimento sigiloso quanto à identidade tanto dos autores quando dos revisores. É responsabilidade dos autores garantirem que não haja elementos capazes de identificá-los em qualquer parte do texto.

Os documentos elaborados no Microsoft Word, devem ter a identificação do autor removidas das propriedades do documento: No menu principal, clique em Salvar como > Ferramentas (ou Opções no Mac) > Opções de segurança... > Remover informações pessoais do arquivo ao salvar > OK > Salvar.

Os pareceres dos revisores comportam três possibilidades: a) aprovação; b) reapresentação; c) recusa. Em quaisquer desses casos, o autor será comunicado.

Os pareceres são analisados pelos editores associados, que propõem ao Editor Científico a aprovação ou não do manuscrito. A decisão final sobre o parecer do artigo (aprovado ou rejeitado) caberá ao Editor-Chefe.

Os manuscritos rejeitados, mas com possibilidade de reformulação, poderão retornar como novo trabalho, dando início a outro processo de avaliação.

As correções devem ser devolvidas no prazo de 30 dias (pequena reformulação) e 40 dias (extensa reformulação), respeitando-se o fuso horário do sistema (fuso-horário de Londres).

São necessários dois pareceres favoráveis para a aceitação final da publicação. Caso ocorra um desacordo, o original será enviado para mais um revisor, para nova avaliação.

O processo de avaliação dos manuscritos terminará na segunda rodada.

A decisão final sobre a publicação ou não do manuscrito é sempre dos editores.

Pequenas alterações no texto poderão ser feitas pelo Conselho Editorial da Revista, de acordo com critérios e normas de revisão internas.

O processo de avaliação completo demora cerca de 6 meses.

Núcleo de Editoração SBI

Campus II, Av. John Boyd Dunlop, s/n., Prédio de Odontologia, Jd. Ipaussurama, 13060-904, Campinas, SP, Brasil.

Fone: +55 (19) 3343-7323
E-mail: mailto:psychologicalstudies@puc-campinas.edu.br
URL: https://www.scielo.br/j/estpsi/