Submissões

Submissões Online

Já possui um login/senha de acesso à revista Transinformação?
Acesso

 

Diretrizes para Autores

Envio de manuscritos

Todos os artigos devem ser submetidos de forma eletrônica pela página da SciELO <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0103-3786&lng=en&nrm=iso>, cujos passos são os seguintes:

a) Acessar o site <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0103-3786&lng=en&nrm=iso>.

b) Escolher “Transinformação”.

c) Clicar em “Acessar a Revista”.

d) Já na página da Revista, entrar em “Acesso”.

e) Se for o primeiro acesso, preencher os dados pessoais no item “Cadastro”. Se já estiver cadastrado, basta preencher login e senha.

f) Para submeter trabalhos, siga as demais instruções do próprio sistema.

Manuscritos enviados por correio convencional, fax, e-mail ou qualquer outra forma de envio não serão apreciados pelos editores.

Forma e preparação de manuscritos

Procedimentos Editoriais

São aceitos trabalhos inéditos acompanhados de carta assinada por todos os autores, com identificação do tipo de artigo (Original / Revisão / Ensaio / Comunicação / Tradução), declaração de que o trabalho está sendo submetido apenas à revista Transinformação e cessão de direitos autorais.

A carta deve indicar o nome, endereço, números de telefone e e-mails dos autores e indicação do autor para o qual a correspondência deve ser enviada.

Os manuscritos submetidos, quando derivados de estudos que envolvem seres humanos, devem obrigatoriamente ter sido parovado por Comitê de Ética em Pesquisa, conforme preconizam as diretrizes e normas da Resolução 196/96. Os autores deverão inserir a cópia digitalizada da declaração de aprovação do Comitê de Ética em pesquisa da instituição.

Ao reproduzir no manuscrito material previamente publicado (incluindo textos, gráficos, tabelas, figuras ou quaisquer outros materiais), a legislação cabível de direitos autorais deverá ser respeitada e a fonte citada.

Opcionalmente, os autores podem indicar três possíveis revisores para o seu manuscrito.

Versão reformulada

O autor deverar enviar apenas a última versão reformulada do trabalho via site da Scielo <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_serial&pid=0103-3786&lng=en&nrm=iso>. As modificações deverão ser na fonte cor azul ou sublinhadas, sendo anexada uma carta ao editor, reiterando o interesse em publicar nesta Revista e informando quais alterações foram processadas no manuscrito. Se houver discordância quanto às recomendações dos pareceristas, o autor deverar apresentar os argumentos que justificam sua posição. Caso o autor não encaminhe o manuscrito revisado e a carta-resposta no prazo estipulado, o processo editorial será encerrado, em qualquer etapa da submissão.

Provas: serão enviadas provas tipográficas aos autores para a correção de erros de impressão. As provas devem retornar ao Núcleo de Editoração na data estipulada. Outras mudanças no manuscrito não serão aceitas nesta fase.

Os manuscritos deverão apresentar

Página de título (única parte do texto com a identificação dos autores)

a) Título completo - deve ser conciso, evitando excesso de palavras, como “avaliação do...”; “considerações acerca de...” ; ”estudo exploratório....”.

b) Short title com até quarenta caracteres (incluindo espaços), em português ou espanhol, inglês ou francês.

c) Nome de todos os autores por extenso, indicando a afiliação institucional de cada um. Será aceita uma única titulação e afiliação por autor. Os autores deverão, portanto, escolher, entre suas titulações e afiliações institucionais.

Observação: não havendo vínculo institucional, informar a atividade profissional, cidade e estado.

d) Todos os dados da titulação e da afiliação deverão ser apresentados por extenso, sem siglas.

e) Indicação dos endereços completos de todas as universidades às quais estão vinculados os autores.

f) Indicação de endereço para correspondência do autor responsável, quando mais de um, para a tramitação do original, incluindo fax, telefone e endereço eletrônico.

Outras observações

Resumo: todos os artigos submetidos em português, espanhol ou francês deverão ter resumo no idioma original e em inglês, com um mínimo de 150 palavras e máximo de 250 palavras.

Os artigos submetidos em inglês deverão vir acompanhados de resumo, título e palavras-chave em português e em inglês.

O resumo deve conter o objetivo do trabalho, os procedimentos metodológicos, os resultados, em determinados casos, e as conclusões. O texto não deve conter citações e siglas. Destacar no mínimo três e no máximo seis termos de indexação, utilizando os descritores em Ciência da Informação - Docutes - <http://eprints.rclis.org/bitstream/10760/5875/1/TESAURO_DOCUTES.pdf>.

Texto: com exceção dos manuscritos apresentados como Revisão, Ensaio e Comunicação, os trabalhos deverão seguir a estrutura formal para trabalhos científicos:

Introdução: deve conter revisão da literatura atualizada e pertinente ao tema, adequada à apresentação do problema, e que destaque sua relevância. Não deve ser extensa, a não ser em manuscritos submetidos como Artigo de Revisão.

Métodos: deve conter descrição clara e sucinta do método empregado incluindo as técnicas de pesquisa e os procedimentos adotados, e, se aplicável, o tratamento estatístico.

Em relação à análise estatística, os autores devem demonstrar que os procedimentos utilizados foram apropriados, contribuindo para a interpretação dos resultados obtidos.

Resultados: sempre que possível, devem ser apresentados em tabelas ou figuras, elaboradas de forma autoexplicativa, com análise estatística. Evitar repetir dados no texto.

Tabelas, quadros e figuras devem ter um título breve, ser limitados a cinco no conjunto, numerados com algarismos arábicos, consecutiva e independentemente, de acordo com a ordem de menção no texto. É imprescindível a informação do local e ano do estudo. Os quadros e tabelas devem ter as bordas laterais abertas.

O autor se responsabiliza pela qualidade das figuras (desenhos, ilustrações, tabelas, quadros e gráficos), que deverão ser elaboradas em tamanhos de uma ou duas colunas (7 e 15cm, respectivamente); não é permitido o formato paisagem. Figuras digitalizadas deverão ter extensão jpeg e resolução mínima de 300 dpi.

Gráficos e desenhos deverão ser gerados em programas de desenho vetorial (Microsoft Excel, CorelDraw X5, Adobe, Phoposhop CS6 SPSS v.10.0), acompanhados de seus parâmetros quantitativos, em forma de tabela e com nome de todas as variáveis.

A publicação de imagens coloridas, após avaliação da viabilidade técnica de sua reprodução, será custeada pelo autor. Em caso de manifestação de interesse por parte do autor, a revista Transinformação providenciará um orçamento dos custos envolvidos, que poderão variar de acordo com o número de imagens, sua distribuição em páginas diferentes e a publicação concomitante de material em cores por parte de outro autor.

Discussão: deve explorar, adequada e objetivamente, os resultados, discutidos à luz de outras observações já registradas na literatura.

Conclusão: apresentar as conclusões relevantes, considerando os objetivos do trabalho, e indicar formas de continuidade do estudo. Não serão aceitas citações bibliográficas nesta seção.

Siglas: deverão ser utilizadas de forma padronizada, restringindo-se apenas àquelas usadas convencionalmente ou sancionadas pelo uso, acompanhadas do significado, por extenso, quando da primeira citação no texto. Não devem ser usadas no título e no resumo.

Agradecimentos: podem ser registrados, em parágrafo não superior a três linhas, dirigidos a instituições ou indivíduos que prestaram efetiva colaboração para o trabalho.

Anexos: deverão ser incluídos apenas quando imprescindíveis à compreensão do texto. Caberá aos editores julgar a necessidade de sua publicação.

Citações no texto baseadas na NBR 10520/2002

Citações bibliográficas no texto: devem constar da lista de referências.

Não serão aceitas citações/referências de monografias de conclusão de curso de graduação e de textos não publicados (aulas, entre outros).

Se um trabalho não publicado, de autoria de um dos autores do manuscrito, for citado (ou seja, um artigo in press), será necessário incluir a carta de aceitação da revista que publicará o referido artigo.

Se dados não publicados, obtidos por outros pesquisadores, forem citados, será necessário incluir uma carta de autorização para uso dos mesmos.

Casos específicos

1) Citações literais de até três linhas: entre aspas, sem destaque em itálico e, em seguida, entre parênteses (Sobrenome do autor, data, página, sem espaço entre o ponto e o número). Ponto final depois dos parênteses.

2) Citações literais de mais de três linhas: em parágrafo destacado do texto, com 4cm de recuo à esquerda, em espaço simples, fonte menor que a utilizada no texto, sem aspas, sem itálico. Em seguida, entre parênteses: (Sobrenome do autor, data, página).

3) Vários autores citados em sequência: utilizar ordem cronológica de data de publicação dos documentos, separados por ponto e vírgula: (Crespo, 2005; Costa & Ramalho, 2008; Moresi  et al., 2010).

4) Textos com dois autores: Crippa e Bisoffi (2010) (no corpo do texto); (Crippa &  Bisoffi, 2010)  (dentro dos parênteses).

5) Textos com três ou mais autores:  (Griselda et al., 2009) (dentro dos parênteses)  e Griselda et al. (2009) (fora dos parênteses).

6) Citações do mesmo autor publicados no mesmo ano: acrescenta-se letra minúscula após a data, sem espaçamento. Exemplo:  (Morin, 2000a, 2000b).

Referências

As referências são baseadas na NBR-6023/2002. Recomenda-se limitar a 30 referências para artigos, exceto no caso de artigos de revisão, que poderão apresentar em torno 50. Elas deverão ser ordenadas alfabeticamente pelo sobrenome do primeiro autor.

Casos específicos

1) Os títulos dos periódicos devem ser indicados por extenso.

2) Referências com autores e datas coincidentes usa-se o título do documento para ordenação e acrescenta-se letra minúscula após a data, sem espaçamento.

3) Referências com três ou mais autores, indica-se apenas o primeiro, acrescentando-se a expressão et al.

A exatidão e a adequação das referências a trabalhos que tenham sido consultados e mencionados no texto do artigo são de responsabilidade do autor.

Para outros exemplos recomendamos consultar as normas da ABNT-NBR-6023/2002.

Exemplos

Artigo com um autor

Oliveira, A. Direito à memória das comunidades tradicionais: organização de acervo nos terreiros de candomblé de Salvador, Bahia. Ciência da Informação, v.39, n.2, p.84-91, 2011.

Artigo com dois autores

Grippa, G.; Bisoffi, G.C. Memória e hipertexto: uma reflexão sobre o conhecimento relacional. Transinformação, v.22, n.3, p.233-246, 2009.

Artigo em suporte eletrônico

Moura, M.A. Informação e conhecimento em redes virtuais de cooperação científica: necessidades, ferramentas e usos. DataGramaZero: Revista de Ciência da Informação, v.10, n.2, 2009. Disponível em: <http://www.datagramazero.org.br>. Acesso em: 16 maio 2009.

Livro

Grogan, D. A prática do serviço de referência. Brasília: Briquet de Lemos, 1995.

Livro em suporte eletrônico

Brasil. Ministério da Saúde. Parto, aborto e puerpério: assistência humanizada à mulher. Brasília: Ministério da Saúde, 2001. Disponível em: <http://bibliotecadigital.puc-campinas.edu.br/services/e-books-MS/01-0420-M.pdf>. Acesso em: 24 nov. 2010.

Capítulos de livros

Gasque, K.C.G.D. Teoria fundamentada: nova perspectiva à pesquisa exploratória. In: Mueller, S.P.M. (Org.). Métodos para a pesquisa em ciência da informação. Brasília: Thesaurus, 2007. p.107-142.

Capítulo de livro em suporte eletrônico

Fujita, M.S.L. O contexto da indexação para a catalogação de livros: uma introdução. In: Fujita, M.S.L. (Org.). A indexação de livros: a percepção de catalogadores e usuários de bibliotecas universitárias. São Paulo: Unesp, 2009. p.11-17. Disponível em: <http://www.esalq.usp.br/biblioteca/PDF/a_indexacao_de_livros_a_percepcao_de_catalogadores_e_usuarios_de_bibliotecas_universitarias.pdf>. Acesso em: 28 fev. 2013.

Dissertações e teses

Pereira, R. Espaço Interativo (Ei!): o portal de relacionamento como suporte e estímulo à relação universidade-empresa. 2009. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) - Centro Tecnológico, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2009.

Trabalhos apresentados em congressos, seminários etc.

Amaral, M.S.; Pinho, J.A.G. Sociedade da informação e democracia: procurando a accountability em portais municipais da Bahia. In: Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, 32., 2008, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: EnANPAD, 2008. 1 CD-ROM.

Trabalhos apresentados em congressos, seminários etc. em formato eletrônico

Gauz, V.; Pinheiro, L.V.R. Fluxo da informação entre colecionadores, escribas e cientistas árabes na pré-instititucionalização da ciência, séculos IV ao XV. In: Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação, 11., 2010, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos... Rio de Janeiro: Unirio, 2010. Disponível em: <http://congresso.ibict.br/index.php/enancib/xienancib/paper/view/394/330>. Acesso em: 20 abr. 2011.

Texto em formato eletrônico

Cieglinski A. Bíblia é o livro mais lido e Monteiro Lobato o escritor mais admirado. 2012. Disponível em: <http://www.ofaj.com.br/noticias_conteudo.php?cod=339>. Acesso em: 1 mar. 2013.

Documentos

Declaração de responsabilidade e transferência de direitos autorais

Cada autor deve ler e assinar os documentos (1) Declaração de Responsabilidade e (2) Transferência de Direitos Autorais, nos quais constarão:

- Título do manuscrito:

- Nome por extenso dos autores (na mesma ordem em que aparecem no manuscrito).

- Autor responsável pelas negociações:

1. Declaração de responsabilidade: todas as pessoas relacionadas como autoras devem assinar declarações de responsabilidade nos seguintes termos:

- “Certifico que participei da concepção do trabalho para tornar pública minha responsabilidade pelo seu conteúdo, que não omiti quaisquer ligações ou acordos de financiamento entre os autores e companhias que possam ter interesse na publicação deste artigo”;

- “Certifico que o manuscrito é original e que o trabalho, em parte ou na íntegra, ou qualquer outro trabalho com conteúdo substancialmente similar, de minha autoria, não foi enviado a outra Revista e não o será, enquanto sua publicação estiver sendo considerada pela Transinformação, quer seja no formato impresso ou no eletrônico”.

2. Transferência de Direitos Autorais: “Declaro que, em caso de aceitação do artigo, a revista Transinformação passa a ter os direitos autorais a ela referentes, que se tornarão propriedade exclusiva da Revista, vedada qualquer reprodução, total ou parcial, em qualquer outra parte, impressa ou eletrônica, sem que a prévia e necessária autorização seja solicitada e, se obtida, farei constar o competente agradecimento à Revista”.

Assinatura do(s) autores(s) Data / /

Justificativa do artigo

Destaco que a principal contribuição do estudo para a área em que se insere é a seguinte:

(Escreva um parágrafo justificando porque a revista deve publicar o seu artigo, destacando a sua relevância científica, a sua contribuição para as discussões, na área em que se insere o(s) ponto(s) que caracteriza(m) a sua originalidade e o consequente potencial de ser citado).

Dada a competência na área do estudo, indico o nome dos seguintes pesquisadores (três) que podem atuar como revisores do manuscrito. Declaro igualmente não haver qualquer conflito de interesses para esta indicação.

 

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

  1. Declaração de responsabilidade e transferência de direitos autorais assinada por cada autor.

  2. Verificar se estão completas as informações de legendas das figuras e tabelas.

  3. Preparar página de rosto com as informações solicitadas.

  4. Incluir o nome da agência financiadora e o número do processo.

  5. Indicar se o artigo é baseado em tese/dissertação, colocando o título, o nome da instituição, o ano de defesa, em nota de rodapé.

  6. Categorizar os artigos em Original / Revisão / Ensaio / Comunicação / Tradução

  7. Enviar cópia do parecer do Comitê de Ética.

  8. Incluir título do manuscrito, em português, espanhol ou francês e em inglês.

  9. Incluir título abreviado (short title), com quarenta caracteres, para fins de legenda em todas as páginas.

  10. Verificar se as referências estão citadas no texto.

  11. Incluir permissão de editores para reprodução de figuras ou tabelas publicadas.

 

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.