Políticas Editoriais

Foco e Escopo

Transinformação é uma revista especializada, com periodicidade quadrimestral, aberta a contribuições da comunidade científica nacional e internacional, editada pela Faculdade de Biblioteconomia, Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, Pontifícia Universidade Católica de Campinas. Fundada em 1989, é classificada na lista Qualis A1, publica artigos que contribuem para o estudo e o desenvolvimento científico da Ciência da Informação, da Biblioteconomia, da Arquivologia, da Museologia e de áreas afins

Tipos de artigos aceitos

- Original: investigações baseadas em dados empíricos utilizando metodologia científica destinadas a divulgar resultados inéditos. Consistem de seções distintas: introdução, métodos, resultados, discussão e conclusão (limite máximo 5 mil palavras, preparados em espaço entrelinhas 1,5, com fonte Arial tamanho 11 e em folha formato A4).

- Revisão (a convite): síntese crítica de tema de interesse da área, mediante análise e interpretação de bibliografia pertinente, de modo a conter uma análise crítica e comparativa dos trabalhos na área, que discuta os limites e alcances metodológicos, permitindo indicar perspectivas de continuidade de estudos naquela linha de pesquisa (limite máximo de 6 mil palavras, preparados em entrelinhas 1,5, com fonte Arial tamanho 11 e em folha formato A4).

- Ensaio (a convite): reflexão sobre tema que origine futuras pesquisas (limite máximo de 5 mil palavras, preparados em entrelinhas 1,5, com fonte Arial tamanho 11 e em folha formato A4).

- Comunicação: relato de experiência ou de pesquisa acadêmica mediante o trabalho com um indivíduo, um grupo, uma comunidade ou organização, cuja divulgação possa contribuir para o melhor conhecimento dos recursos informacionais disponíveis e para a solução de problemas técnicos do setor (limite máximo de 5 mil palavras, preparados em entrelinhas 1,5, com fonte Arial tamanho 11 e em folha formato A4).

- Tradução (reprodução) (a convite): artigos traduzidos, autorizados pelo detentor dos direitos de reprodução.

 

Políticas de Seção

Originais

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Revisão

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Ensaios

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Comunicação

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Tradução

Não verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Processo de julgamento dos manuscritos

Todos os manuscritos inéditos só iniciarão o processo de tramitação se estiverem de acordo com as Instruções aos Autores. Caso contrário, serão devolvidos para adequação às normas, inclusão de carta ou de outros documentos eventualmente necessários.

Originais identificados com incorreções e/ou inadequações morfológicas ou sintáticas serão devolvidos antes mesmo de serem submetidos à avaliação quanto ao mérito do trabalho e à conveniência de sua publicação. Deve-se ainda evitar o uso da primeira pessoa “meu estudo...”, ou da primeira pessoa do plural “percebemos…”, pois em texto científico o discurso deve ser impessoal, sem juízo de valor e na terceira pessoa do singular.

Pré-análise: a avaliação é feita pelos Editores e Conselheiros com base na originalidade, pertinência, qualidade acadêmica e relevância do manuscrito para Ciência da Informação, Biblioteconomia, Arquivologia, Museologia e áreas afins. Os manuscritos podem ser rejeitados sem comentários detalhados após análise inicial, pelos Editores e Comissão Editorial da revista Transinformação, se os artigos forem considerados inadequados ou de prioridade científica insuficiente para publicação na Revista.

Aprovados nesta fase, os manuscritos serão encaminhados aos revisores ad hoc selecionados pelos editores. Cada manuscrito será enviado para dois revisores de reconhecida competência na temática abordada, podendo um deles ser escolhido a partir da indicação dos autores. Em caso de desacordo, o artigo será enviado para uma terceira avaliação.

O processo de avaliação por pares é o sistema blind review, procedimento sigiloso quanto à identidade tanto dos autores quanto dos revisores. Por isso os autores deverão empregar todos os meios possíveis para evitar a sua identificação.

Os pareceres dos revisores comportam três possibilidades: a) aprovação; b) recomendação de nova análise; c) recusa. Em quaisquer desses casos, o autor será comunicado.

Os pareceres são analisados pelos Editores que poderão aprovar ou não o manuscrito.

Manuscritos aceitos: manuscritos aceitos poderão retornar aos autores para ciência de eventuais alterações, no processo de editoração e normalização, de acordo com o estilo da Revista

Manuscritos recusados, mas com possibilidade de reformulação, poderão retornar como novo trabalho, iniciando outro processo de julgamento.

Conflito de interesse

No caso da identificação de conflito de interesse por parte dos revisores, o Comitê Editorial encaminhará o manuscrito a outro revisor ad hoc.

 

Periodicidade

A revista Transinformação é uma publicação quadrimestral, editada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas da Pontifícia Universidade Católica de Campinas.

 

Política de Acesso Livre

A Revista proporciona acesso público - Open Access - a todo seu conteúdo e são protegidos pela Licença Creative Commons (CC-BY).

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

APCs (Taxa de Processamento de Artigo) e Taxa de Submissão

Transinformação não cobra aos autores qualquer tipo de taxa de submissão ou publicação.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...