A moda e o celibato pedagógico: preostos éticos e higienistas na educação da década de 1920

Antonio Basilio Novaes Thomaz de Menezes

Resumo


Este artigo examina os pressupostos éticos e higienistas presentes na educação brasileira da década de 1920, por meio da produção intelectual do educador potiguar Nestor dos Santos Lima. Para tanto, faz uma análise dos pressupostos éticos e higienistas dos saberes da época, tomando por objeto duas publicações do autor: “As Modas e A Educação”, artigo publicado na revista Pedagogium em 1921 e “O Celibato Pedagógico”, tese apresentada por Nestor Lima no I Congresso Nacional de Educação, em 1927. A investigação procura traçar um paralelo entre essas publicações, colocando os pressupostos éticos e higienistas sob a ótica da normalização social que se faz presente no discurso educacional.

Palavras-chave: Educação. Ética. Higienismo. Normalização social.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.