Percursos de constituição da professoralidade: tramas subjetivas

Jussara Midlej

Resumo


Este trabalho descreve uma investigação-ação educacional vinculada a um Curso de Licenciatura em Educação Infantil e Séries Iniciais conveniado entre a Secretaria Municipal de Educação de Vitória da Conquista e a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, envolvendo 37 professoras em efetivo exercício docente entre 2005 e 2007. Seus objetivos conectaram-se à averiguação de como um processo investigativo/formativo poderia questionar concepções, ações pedagógicas monossêmicas e mecanicistas que muitos professores têm da vida e do trabalho pedagógico; a investigação de como se realizaria, na escrita narrativa e em situações comunicativas, a reconceitualização de saberes, a revisão de atitudes pessoais e profissionais. De suas bases teórico-epistemológicas emergiram experiências intersubjetivas procedentes dos princípios norteadores das histórias socioprofissionais de cada participante. As produções, como memórias coletivas do passado, consciências críticas do presente e premissas operatórias para o futuro, demonstraram que a processualidade da condição humana - e não a cristalização ou a estabilidade - reconstrói saberes profissionais, corroborando potencialidades de transformação.

Palavras-chave: Formação docente. Investigação-ação. Memória autobiográfica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.