Alfabetização cartográfica a partir do esporte de orientação para a compreensão da realidade social | Cartographic literacy from the orienteering sports for the comprehension of social reality

Kleiton Ramires Pires Bezerra, Walter Guedes Silva

Resumo


O objetivo deste trabalho é analisar se o uso do esporte de orientação é um instrumento didático satisfatório à aprendizagem da alfabetização cartográfica, de maneira que o aluno possa aprender não somente ler, mas também compreender a realidade social por meio da correlação com a representação cartográfica. Há necessidade dessa aprendizagem para que os alunos compreendam a importância do  processo de aquisição de conhecimentos sobre a análise e a interpretação de mapas em uma inter-relação com a realidade social. Para a pesquisa foram realizadas leituras de textos que trabalham com alfabetização cartográfica, trabalho de campo com observação participante e aplicação de questionário para os alunos de uma turma do 5º ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal de Campo Grande (Mato Grosso do Sul). De acordo com a análise dos dados é possível afirmar que o esporte de orientação contribui para a interpretação da realidade social, mas não esgota a necessidade ampla, complexa e contraditória do trato pedagógico das diversas disciplinas na compreensão da temática que se desvela.


Palavras-chave


Alfabetização. Cartografia. Educação esportiva. Geografia.

Texto completo:

PDF

Referências


Albuquerque, F.N.B. A prática da orientação na geografia escolar: da vertente esportiva à pedagógica. Revista Pindorama, v.3, n.3, p.107-123, 2012. Disponível em: . Acesso em: 14 jul. 2017.

Almeida, R.D. Do desenho ao mapa: iniciação cartográfica na escola. 5. ed. São Paulo: Contexto, 2014. p.40.

Almeida, R.D.; Juliasz, P.C.S. Espaço e tempo na educação infantil. São Paulo: Contexto, 2014.

Bueno, M.A. A geografia escolar e a ideia de lugar no currículo a partir da elaboração de mapas mentais. In: Callai, H.C. Educação geográfica: reflexão e prática. Ijuí: Unijuí, 2011. p.295-314.

Callai, H.C. Aprendendo a ler o mundo: a geografia nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Caderno Cedes, v.25, n.66, p.227-247, 2005. Disponível em: . Acesso em: 21 maio, 2018.

Castellar, S.M.V. A linguagem e a representação cartográfica. In: Almeida, R.D. (Org.). Ensino de geografia e história. São Paulo: Cengage Learning, 2011. p.23-42.

Confederação Brasileira de Orientação. O que é orientação. Brasília: CBO, 2012. Disponível em: . Acesso em: 21 maio, 2018.

Daolio, J. Educação física e o conceito de cultura. Campinas: Autores Associados, 2004. p.21.

Katuta, A.M. Uso de Mapas: alfabetização cartográfica e/ou leiturização cartográfica? Nuances, v.3, n.3, p.41-46, 1997. Disponível em: . Acesso em: 20 maio, 2018.

Martinelli, M. O ensino da cartografia temática. In: Castellar, S. Educação geográfica: teorias e práticas docentes. 3. ed. São Paulo: Contexto, 2012. p.51-65.

Marx, K. 1818-1883: para a crítica da economia política: salário preço e lucro: o rendimento e suas fontes: a economia vulgar. São Paulo: Abril Cultural, 1982. p.25.

Milstein, D. Escola, corpo e cotidiano escolar. São Paulo: Cortez, 2010.

Minayo, M.C.S. (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 28. ed. Petrópolis: Vozes, 2009.

Oliveira, L. Estudo metodológico e cognitivo do mapa. São Paulo: USP, 1978.

Paganelli, T. et al. A noção de espaço e tempo: o mapa e o gráfico. Revista de Orientação, n.6, p.21-48, 1985.

Pasini, C.G.D. Corrida de orientação: esporte e ferramenta pedagógica para a educação. 2. ed. Três Corações: Gráfica Excelsior, 2004.

Scherma, E.P. Corrida de orientação: uma proposta metodológica para o ensino da geografia e da cartografia. 2010. 201f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2010.

Silva Melo, M.R. et al. Parque das Nações Indígenas: área de interesse turístico, qualidade de vida e lazer na cidade de Campo Grande, MS. Revista de Turismo Contemporâneo: RTC, v.3, n.2, p.299-317, 2015. Disponível em: . Acesso em: 4 fev. 2018.

Silva, R.V.; Cunha, D.M. A influência do desporto orientação na aprendizagem de cartografia. In: Encontro Nacional de Geógrafos, 16., 2010, Porto Alegre. Anais [...] Porto Alegre: Associação dos Geógrafos Brasileiros, 2010. p.1-12.

Simielli, M.E.R. O mapa como meio de comunicação: implicações no ensino de geografia do 1º grau. 1986. 205f. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 1986.

Soares, C.L. et al. Metodologia do ensino de educação física. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2009.

Vygotsky, L.S. Aprendizagem e desenvolvimento na idade escolar. In: Vygotsky, L.S.; Luria, L.; Leontiev, A. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. 11. ed. São Paulo: Ícone, 2010. p.103-116.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v24n2a4302

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.