Furto no contexto escolar: juízos de professoras sobre práticas docentes no Ensino Fundamental | Theft in schools: Teacher judgments about the teaching practice in Elementary School

Leandra Lúcia Moraes Couto, Heloisa Moulin de Alencar

Resumo


A violência no contexto escolar causa grande impacto na formação dos alunos e na qualidade de vida dos profissionais da educação. São várias as situações de violência vivenciadas nas escolas brasileiras, entre elas o furto. Buscando contribuir com essa temática, investigaram-se os juízos de professoras acerca das práticas docentes em uma situação fictícia de furto no contexto escolar. Foram entrevistadas 23 profissionais: 11 docentes do primeiro ano e 12 do quinto ano do Ensino Fundamental, de escolas públicas de Vitória, Espiríto Santo. Foram realizadas entrevistas individuais, de acordo com o método clínico piagetiano. Os dados foram analisados com base na teoria piagetiana e na sistematização proposta por Delval. O roteiro de entrevista foi composto por perguntas acerca de uma história fictícia envolvendo o furto em sala de aula. A maior parte das docentes mencionou que tomaria atitudes que podem ser consideradas como impositivas, que, portanto, não favorecem o desenvolvimento moral dos alunos. Quanto à avaliação das atitudes, a maioria foi considerada como justa/correta. Mesmo com menor frequência, destacam-se as atitudes classificadas como injustas/incorretas. Os dados sinalizam a necessidade de discutir, no âmbito dos estudos da Educação Moral, aspectos como a autoridade docente no contexto escolar, a relação entre juízo e ação moral, a humilhação, o constrangimento e a injustiça presentes em ações docentes, bem como o prejuízo para o desenvolvimento moral dos alunos.

Palavras-chave


Educação moral. Ensino Fundamental. Prática docente. Psicologia do Desenvolvimento. Violência na escola.

Texto completo:

PDF

Referências


Alencar, H.M.; La Taille, Y. Humilhação: o desrespeito no rebaixamento moral. Arquivos Brasileiros de Psicologia, v.59, n.2, p.217-231, 2007.

Araújo, U.F. Temas transversais: pedagogia de projetos e mudanças na educação. São Paulo: Summus, 2014.

Araújo, U.F.; Aquino, J.G. Os direitos humanos na sala de aula: a ética como tema transversal. São Paulo: Moderna, 2001.

Assis, S.G.; Marriel, N.S.M. Reflexões sobre violência e suas manifestações na escola. In: Assis, S.G.; Constantino, P.; Avanci, J.Q. (Org.). Impactos da violência na escola: um diálogo com professores. Rio de Janeiro: Ministério da Educação, 2010. p.41-63. Disponível em: . Acesso em: 3 mar. 2018

Brasil. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais. 2.ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2000. p.121. (Apresentação dos temas transversais: ética, v.8).

Brasil. Secretaria de Educação Básica. Ética e cidadania: construindo valores na escola e na sociedade. Brasília: Ministério da Educação, 2007.

Brasil. Ministério da Saúde. Resolução 466/12, de 12 de dezembro de 2012. Aprova as diretrizes e normas regulamentadoras de pesquisas envolvendo seres humanos. Brasília: Ministério da Saúde, 2012. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2018.

Brasil. Secretaria de Educação Básica. Diretrizes curriculares nacionais gerais da Educação Básica. Brasília: Ministério da Educação, 2013. Disponível em: . Acesso em: 16 mar. 2018.

Couto, L.L.M.; Alencar, H.M. Educação moral no Ensino Fundamental: prática docente de ensino da justiça. Psico, v.46, n.1, p.90-100, 2015.

Delval, J. Introdução à prática do método clínico: descobrindo o pensamento das crianças. Porto Alegre: Artmed, 2002. p.92.

García, M.X.; Puig, J.M. As sete competências básicas para educar em valores. São Paulo: Summus, 2010.

Giordani, J.P.; Seffner, F.; Dell’Aglio, D.D. Violência escolar: percepções de alunos e professores de uma escola pública. Psicologia Escolar e Educacional, v.21, n.1, p.103-111, 2017.

Goergen, P.L. Educação moral hoje: cenários, perspectivas e perplexidades. Educação e Sociedade, v.28, n.100, p.737-762, 2007. Edição Especial.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse estatística da Educação Básica 2017. Brasília: INEP, 2018. Disponível em: . Acesso em: 15 mar. 2018.

La Taille, Y. Limites: três dimensões educacionais. 3.ed. São Paulo: Ática, 2000.

La Taille, Y. Vergonha: a ferida moral. 2.ed. Petrópolis: Vozes, 2002. p.95.

La Taille, Y. Moral e ética: dimensões intelectuais e afetivas. Porto Alegre: Artmed, 2006. p.51-107.

La Taille, Y. Formação ética: do tédio ao respeito de si. Porto Alegre: Artmed, 2009.

La Taille, Y. Moral e ética: uma leitura psicológica. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v.26, p.105-114, 2010. Número Especial. Disponível em: . Acesso em: 1 mar. 2018.

La Taille, Y. Moral e ética no mundo contemporâneo. Revista USP, n.110, p.29-42, 2016.

La Taille, Y. et al. Construção da fronteira da intimidade: a humilhação e a vergonha na educação moral. Cadernos de Pesquisa, n.82, p.43-55, 1992.

Müller, A.; Alencar, H.M. Educação moral: o aprender e o ensinar sobre justiça na escola. Educação e Pesquisa, v.38, n.2, p.453-468, 2012.

Pereira, T.R.; Bronzatto, M.; Camargo, R.L. O trabalho com os conflitos interpessoais na escola na perspectiva construtivista. Revista Travessias, v.10, n.3, p.41-66, 2016.

Petroni, A.P.; Souza, V.L.T. As relações na escola e a construção da autonomia: um estudo da perspectiva da psicologia. Psicologia e Sociedade, v.22, n.2, p.355-364, 2010.

Piaget, J. O juízo moral na criança. 4.ed. São Paulo: Summus, 1994.

Piaget, J. Os procedimentos da educação moral. In: Macedo, L. (Org.). Cinco estudos de educação moral. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996. p.1-36.

Puig, J. M. Ética e valores: métodos para um ensino transversal. São Paulo: Casa do Psicólogo, 1998.

Ricoeur, P. O si-mesmo como outro. São Paulo: Martins Fontes, 2014.

Ristum, M. Violência na escola, da escola e contra a escola. In: Assis, S.G.; Constantino, P.; Avanci, J.Q. (Org.). Impactos da violência na escola: um diálogo com professores. Rio de Janeiro: Ministério da Educação, 2010. p.65-93. Disponível em: . Acesso em: 3 mar. 2018.

Tognetta, L.R.P. Bullying: quem tem medo? uma proposta de implantação de um programa em que a convivência entre as crianças na escola seja um valor. Americana: Adonis, 2016.

Tognetta, L.R.P. et al. Um panorama geral da violência na escola: e o que se faz para combatê-la. Campinas: Mercado de Letras, 2010. v.1.

Tognetta, L.R.P.; Vinha, T.P. É possível superar a violência na escola? construindo caminhos pela formação moral. São Paulo: Editora do Brasil, 2012.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v24n1a4229

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.