A formação docente no espaço escolar em sua concepção colaborativa de conhecimento

Calos Henrique Martins Torra, Pura Lúcia Oliver Martins, Adriane Vanzo

Resumo


O presente trabalho origina-se de um estudo teórico-prático acerca da concepção formativa de um grupo de docentes em um colégio da cidade de Curitiba (PR). O núcleo reflexivo incide sobre as concepções que alicerçaram o modelo formativo docente no Brasil, bem como a análise da opção epistemológico-formativa da área de Filosofia e Sociologia no colégio lócus da pesquisa. Utilizando o Método Dialético como referencial, foram analisadas as produções dos docentes sobre a concepção teórico-prática, no que tange à questão formativa que prevê uma dialogia permanente entre reflexão/colaboração/produção coletiva. A finalidade, com isso, foi compreender e verificar como a proposta de formar e reformar a prática, por meio do conhecimento sistematizado pelo grupo, de modo colaborativo, tendo a escola como espaço privilegiado de formação de professores, reflete nas ações pedagógicas do grupo docente. O estudo fundamenta-se no posicionamento teórico de Edgar Faure, António Nóvoa, Francisco Imbernón, Ilma Veiga, Carlos Marcelo, Edgar Morin e Pura Lúcia Martins, que indicam um tipo de formação continuada que considera os saberes práticos gestados na escola. A trajetória percorrida aponta para uma ressignificação dos conteúdos tradicionais e ortodoxos da área estudada.

Palavras-chave: Conhecimento. Ensino de filosofia. Formação continuada. Grupo colaborativo. Sociologia e educação.


Palavras-chave


Conhecimento; Ensino de filosofia; Formação continuada; Grupo colaborativo; Sociologia e educação

Texto completo:

PDF

Referências


Abbagnano, N. Dicionário de filosofia. 6.ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2012.

Cardoso, A.L.T. A educação permanente no cotidiano do trabalhador. Campinas: Unicamp, 2009. Fundamentação e sistematização da opção epistemológica da área de Filosofia e Sociologia. Curitiba: [s.n.], 2010.

Faure, E. Aprender a ser. Lisboa: Bertrand, Difusão Européia do Livro, 1972.

Freire, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 40.ed. São Paulo: Paz e Terra, 2009.

Fusari, J.C.; Franco, A.P. Formação contínua em serviço e projeto pedagógico: uma articulação necessária: TV Escola. Boletim Salto para o Futuro, v.13, p.18-23, 2005. Disponivel em: . Acesso em: 11 mar. 2015.

Gadotti, M. Concepção dialética da educação: um estudo introdutório. 11.ed. São Paulo: Cortez, 2000.

Imbernón, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 9.ed. São Paulo: Cortez, 2011.

Marcelo Garcia, C. Formação de professores. Porto: Porto Editora, 1999.

Martins, P.L.O. A didática e as contradições da prática. 3.ed. Campinas: Papirus, 1998.

Martins, P.L.O. Didática. Curitiba: Ibpex, 2008.

Morin, E. Os setes saberes necessários a educação do futuro. 12.ed. São Paulo: Cortez, 2007.

Nicolescu, B. O manifesto da transdisciplinaridade. São Paulo: Triom, 1999.

Nóvoa, A. professores imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009.

Rodrigues, D.B. Educação continuada: analisando sentido a partir de terminologias e concepções. UFPI, 2005. Disponível em: . Acesso em: 2 fev. 2013.

Santos, O.J. Pedagogia dos conflitos sociais. São Paulo: Papirus, 1992.

Veiga, I.P.A. (Org). Aula: gênese, dimensões, princípios e práticas. Campinas: Papirus, 2008.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v21n1a2791

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.