A formação pedagógica em disciplinas de conteúdo matemático nas licenciaturas em matemática

Rômulo Campos Lins

Resumo


Neste artigo procuro partir de uma situação fortemente estabelecida em nossas licenciaturas em Matemática, e examinar por que motivos, e em que medida, isto pode e deve ser mudado. A existência de cursos de “conteúdo matemático” (Cálculo, por exemplo), desarticulados teórica e praticamente do que seja a profissão do professor de Matemática, se apresenta como um enorme desafio para a comunidade de formadores. Este artigo propõe uma direção na qual a discussão pode se mostrar frutífera. Ao mesmo tempo em que não há um corpo consistente e sólido de resultados de pesquisas, mostrando qual seja o impacto da formação “matemática” na prática do professor, decisões curriculares são tomadas como se houvesse, mas baseadas apenas em opinião informada pela tradição e por alguma, não-especificada, experiência na área. Não pretendo, aqui, suprir o que parece faltar, apenas indicar alguns elementos que me parecem úteis e necessários, se queremos, efetivamente, conduzir a pesquisa que pode nos levar adiante.

Palavras-chave: Formação de Professores de Matemática; Educação Matemática; Matemática do Matemático.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.