Cursos de licenciatura e desafios da formação de professores de matemática

Tânia Maria Mendonça Campos

Resumo


Congressos, seminários, simpósios, grupos de pesquisa têm apontado diferentes problemas presentes nos Cursos de Formação de Professores, em particular, naqueles que formam professores de Matemática. Em termos mundiais, a partir da década de 80, nos meios acadêmicos, pode-se perceber a preocupação com a temática da formação de professores. Proliferam teorias, conceitos são formulados, princípios são definidos. E nos chegam trabalhos de diferentes partes do mundo, principalmente os assinados por autores como Perrenoud (1999, 2003), Schön (1992, 2000), Nóvoa (1992), Shulman (1986, 1987, 1992), Tardif (1991, 1996, 2002), com resultados de investigações questões do tipo: “o que os professores conhecem?”, “que conhecimento é essencial para o ensino?”, “quem produz conhecimento sobre o ensino?”. Assim, constata-se que os problemas a serem enfrentados estão exaustivamente apontados na literatura e as pesquisas existentes trazem contribuições para superá-los. A pergunta que surge imediatamente é: como realizar as transformações necessárias?

Palavras-chave: Formação de Professores; Cursos de Licenciatura em Matemática.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.