Pesquisa em política educacional: desafios na consolidação de um campo

Marilda Pasqual Schneider

Resumo


Dado o crescimento das pesquisas no campo da educação, verificado especialmente a partir da institucionalização da pós-graduação no Brasil, na década de 1980, este texto tem por objetivo contribuir para a reflexão sobre as especificidades da pesquisa em política educacional, sua problemática e os desafios na consolidação de uma área de conhecimento que se encontra, atualmente, em franca expansão no país. Delimita as especificidades da pesquisa em políticas educacionais, destacando a heterogeneidade de abordagens favorecida pelo caráter multi e interdisciplinar do campo e o crescimento mais horizontal do que vertical de áreas temáticas de investigação. Aponta como desafio a necessidade de se constituir um arcabouço teórico-metodológico que favoreça a consolidação da pesquisa no campo da política educacional.


Palavras-chave


Desafios. Pesquisa em política educacional. Pós-Graduação.

Texto completo:

PDF

Referências


Azevedo, J.M.L. A educação como políticas públicas. 3.ed. Campinas: Autores Associados, 2004.

Azevedo, J.M.L.; Aguiar, M.Â. A Produção do conhecimento sobre a política educacional no Brasil: um olhar a partir da Anped. Educação & Sociedade, v.27, n.77, p.49-70, 2001.

Ball, S. J. Diretrizes políticas globais e relações políticas locais em educação. Currículo Sem Fronteiras, v.1, n.2, p.99- 116, 2001.

Ball, S. Sociologia das políticas educacionais e pesquisa crítico-social: uma revisão pessoal das políticas educacionais e da pesquisa em política educacional. Currículo Sem Fronteiras, v.6, n.2, p.10-32, 2006. Ball, S.J.; Mainardes, J. (Org.). Políticas educacionais: questões e dilemas. São Paulo: Cortez, 2011.

Bourdieu, P. O poder simbólico. 12.ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2009.

Cury, C.R.J. Quadragésimo ano do parecer CFE 977/65. Revista Brasileira de Educação, n.30, p.7-20, 2005.

Faria, C.A.P. Ideias, conhecimento e políticas públicas: um inventário sucinto das principais vertentes analíticas recentes. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v.18, n.51, p.21- 51, 2003.

Frey, K. Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Planejamento e Políticas Públicas, v.1, n.21, p.211-259, 2000.

Krawczyk, N. A historicidade da pesquisa em política educacional: o caso do Brasil. Jornal de Políticas Educacionais, v.6, n.12, p.3-11, 2012.

Mainardes, J. Análise de políticas educacionais: breves considerações teórico-metodológicas. Contrapontos, v.9, n.1, p.4-16, 2009.

Mainardes, J.; Ferreira, M.S.; Tello, C. Análise de políticas: fundamentos e principais debates teórico-metodológicos. In: Ball, S.J.; Mainardes, J. (Org.). Políticas educacionais: questões e dilemas. São Paulo: Cortez, 2011. p.143-172.

Mainardes, J.; Gandin, L.A. A abordagem do ciclo de políticas como epistemetodologia: usos no Brasil e contribuições para a pesquisa sobre políticas educacionais. In: Tello, C.; Almeida, M.L.P. (Org.). Estudos epistemológicos no campo da pesquisa em política educacional. Campinas: Mercado de Letras, 2013. p.143-167.

Martins, A.M. O campo das políticas públicas de educação: uma revisão da literatura. Estudos em Avaliação Educacional, v.24, n.56, p.275-299, 2013.

Ozga, J. Investigação sobre políticas educacionais: terreno de contestação. Porto: Porto Editora, 2000.

Reis, E.P. Reflexões leigas para a formulação de uma agenda de pesquisa em políticas públicas. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v.18, n.51, p.11-15, 2003.

Santos, A.L.F; Azevedo, J.M.L. A pós-graduação no Brasil, a pesquisa em educação e os estudos sobre a política educacional: os contornos da constituição de um campo acadêmico. Revista Brasileira de Educação, v.14, n.42, p.534- 550, 2009.

Saviani, D. A pós-graduação em educação no Brasil: trajetória, situação atual e perspectivas. Revista Diálogo Educacional, v.1, n.1, p.1-19, 2000.

Souza, C. Políticas públicas: questões emblemáticas e de pesquisa. Caderno CRH, v.16, n.39, p.11-24, 2003a.

Souza, C. “Estado do campo” da pesquisa em políticas públicas no Brasil. Revista Brasileira de Ciências Sociais, v.18, n.51, p.15-20, 2003b.

Souza, C. Políticas públicas: uma revisão da literatura. Sociologia, ano 8, n.16, p.20-45, 2006.

Stremel, S. Fontes para o estudo da constituição do campo da política educacional no Brasil. In: Jornadas Latinoamericanas de Estudios Epistemológicos em Política Educativa, 1., 2012, Buenos Aires. Anais... Buenos Aires: Untref, 2012. p.1-19.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v19n1a2610

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.