O coordenador pedagógico e a formação contínua do docente na escola: algumas perspectivas

Isaneide Domingues

Resumo


O artigo aborda o tema do coordenador pedagógico e a sua relação com a formação contínua do docente na escola. Tendo como indicador metodológico a pesquisa qualitativa, a investigação procurou captar a percepção dos coordenadores sobre o trabalho de formação docente desenvolvido nas escolas da Rede Municipal de Ensino de São Paulo. O texto registra um discurso que atribui uma fundamental importância ao coordenador pedagógico na formação desenvolvida na escola e apresenta aspectos intervenientes nesse processo. A formação é assumida como uma prática introdeterminada, influenciada pela cultura escolar e pelas proposições das políticas públicas de formação contínua. Como considerações finais, o artigo ressalta a importância dos coordenadores pedagógicos envolverem os professores no processo formativo, assentados na concepção de protagonismo desses profissionais, frente à inexorável mediação das políticas públicas de formação docente.


Palavras-chave


Coordenação pedagógica. Formação do professor. Políticas públicas.

Texto completo:

PDF

Referências


Alarcão, I. (Org.). Escola reflexiva e nova racionalidade. Porto Alegre: Artmed, 2001.

Bruno, E.B.G.; Almeida, L.R.; Christov, L.H.S. (Org.). O coordenador

pedagógico e a formação docente. São Paulo: Loyola, 2004.

Canário, R. A escola tem futuro? Das promessas às incertezas. Porto Alegre: Artmed, 2006.

Franco, M.A.S. A metodologia de pesquisa educacional como construtora da práxis investigativa. Nuances: Estudos sobre Educação, v.9, n.9/10, p.189-208, 2003.

Fusari, J.C. Formação contínua de educadores: um estudo de representações de coordenadores pedagógicos da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SMESP). 1997. Tese (Doutorado) - Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 1997.

Géglio, P.C. O papel do coordenador pedagógico na formação do professor em serviço. In: Placco, V.M.N.S.; Almeida, L.R. O coordenador pedagógico e o cotidiano da escola. São Paulo: Loyola, 2005. p.113-119.

Libâneo, J.C. Organização e gestão da escola: teoria e prática. Goiânia: Alternativa, 2003.

Marcelo Garcia, C. Formação de professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto, 1999.

Moita, M.C. Percursos de formação e de trans-formação. In: Nóvoa, A. (Org.). Vidas de professores. Porto: Editora Porto, 1992. p.111-139.

Nóvoa, A. A formação contínua entre a pessoa-professor e a organização-escola. In: Nóvoa, A. A formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa: Educa, 2002. p.33-48.

Souza, M.V. Formação em serviço de professores da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo: 1956-2004, gênese, transformações e desafios. 2005. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0870v18n2a2027

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.