Pensamento crítico versus estratégias de controle: reflexões sobre a educação profissional e a atuação docente

Edson Detregiachi Filho

Resumo


O pensamento crítico traz como atributo maior a possibilidade de tecer reflexões acerca das questões do cotidiano, para que se possam apreender seus meios de ação, possibilitando atuar com o intuito de modificá-los, corrigindo rumos para o alcance dos objetivos desejados. A reflexão crítica é fundamental para toda a sociedade e principalmente para aqueles que têm a educação como campo de atuação profissional, pois a eles compete a formação do cidadão crítico e transformador a quem caberá a árdua tarefa de equacionar e solucionar a crise estrutural que a sociedade enfrenta através dos níveis alarmantes de desemprego. Esse cidadão crítico e transformador é apresentado com o rótulo de “empreendedor”, pretendendo ser o fruto de um consenso entre as classes antagônicas, porém agora pretensamente unidas no objetivo maior de resolver esta crise. O presente trabalho pretende promover reflexão sobre o tema, no âmbito da educação profissional, delineando a trajetória dessa modalidade de ensino analisada sob o crivo do pensamento crítico, com o objetivo de explicitar estratégias de controle que possam ser implementadas sob viés tendencioso a pretexto de atenderem a toda sociedade.

Palavras-chave: Pensamento Crítico. Estratégias de Controle. Empreendedorismo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.