A pedagogia histórico-crítica como expressão teórica do marxismo na educação e a crítica à formação por competências

Lidiane Teixeira Brasil Mazzeu

Resumo


O objetivo deste artigo consiste na apresentação de algumas reflexões sobre o papel da educação escolar na formação humana. Para tanto, propõe uma discussão não apenas acerca da compreensão de categorias da pedagogia histórico-crítica, expressão teórica do marxismo no campo da educação, como também a respeito da formação por competências, ideário presente nos diversos segmentos da educação escolar em nosso país. O desenvolvimento da argumentação estrutura-se em torno da crítica aos fundamentos políticos, econômicos e ideológicos preconizados pela pedagogia das competências, que se revelam favoráveis à adaptação dos indivíduos à lógica do capital; e na defesa da educação escolar e do conhecimento científico como essenciais à formação humana em uma perspectiva emancipatória do homem, tal como defendido pelos pressupostos teóricos da pedagogia histórico-crítica.

Palavras-chave: Pedagogia das Competências. Pedagogia Histórico-Crítica. Marxismo. Educação Escolar. Formação Humana.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.