A relação teoria e prática no campo do estágio

Maria de Fátima Barbosa Abdalla

Resumo


O presente estudo pretende analisar a relação teoria e prática no campo do estágio sob diferentes perspectivas. A primeira parte trata do embate teórico sobre o campo do estágio, destacando a inadequação de como ele é tratado na formação inicial e apontando para a necessidade de que se articule como prática de reflexão. A segunda discute a problemática política, apresentando as formas de regulações do estágio (as disposições legais que estruturam o seu campo) e as implicações desta política curricular na cultura do estágio interiorizada, para pensá-lo no âmbito epistemológico e metodológico. Considerando-se alguns limites e possibilidades para ressignificar a relação teoria e prática, compreende-se que ela só se concretiza se fizermos do estágio um projeto de formação de professores que possibilite ampliar a problematização do trabalho docente, das práticas profissionais e a transformação pessoal/profissional dos estagiários.

Palavras-chave: Estágio. Limites e possibilidades. Relação teoria e prática.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.