A educação do oficialato castrense no Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves no regulamento de 1816 do Real Colégio Militar da Luz

José Carlos de Oliveira Casulo

Resumo


Com a primeira invasão napoleónica de Portugal, em 1808, o Rei e a Corte deslocaram-se para o Brasil, a partir de onde, em 1815, viria a ser fundado o Reino Unido de Portugal, do Brasil e Algarves. Para contribuir para a consolidação deste novo Reino Unido, D. João VI, em 1816, no regulamento do Real Colégio Militar da Luz, lançou as bases de uma educação conjunta do oficialato castrense que viesse a servir quer no Exército português quer no Exército brasileiro. O presente artigo investiga o que nesse regulamento se estipula quanto ao estatuto dos professores e dos alunos, bem como quanto ao plano de estudos e a outras atividades educativas.

Palavras-chave: Brasil, 1816. Educação. Oficiais. Portugal, 1816.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Educação PUC-Campinas

ISSNe 2318-0870 (eletrônico)
ISSN 1519-3993 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.