A filosofia e a teologia na Universidade Católica

Cardeal Zenon Grocholewski

Resumo


Tendo como ponto de partida e fio condutor uma passagem de O Pequeno Príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry, a reflexão está estruturada em três momentos: no primeiro, inspirando-se na frase da personagem Rosa “O vento arrasta-os”, empreende um esforço por sintetizar a realidade que nos circunda; no segundo, considerando a frase da mesma personagem “Faltam-lhes as raízes”, analisa as consequências do vento atual na sociedade e na educação superior; no terceiro e último momento, seguindo o restante da fala “Isso incomoda-lhes muito”, ressalta as contribuições da filosofia e da teologia para se contrapor ao vento e à carência de raízes, com o objetivo de provocar os nossos  professores e estudantes. Esses três momentos são abordados segundo as leis e as declarações do Magistério da Igreja que normatizam e regulam as Universidades Católicas, detendo-se, sobretudo, no Concílio Vaticano II, na Constituição Apostólica Ex corde Ecclesiae, no Decreto sobre a Reforma dos Estudos Eclesiásticos de Filosofia, sem menosprezar algumas intervenções dos Sumos Pontífices.

Palavras-chave: Ensino superior. Ex corde Ecclesiae. Magistério da Igreja. Universidades Católicas.


Palavras-chave


Ensino superior. Ex corde Ecclesiae. Magistério da Igreja. Universidades Católicas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.24220/2447-6803v40n2a3298

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Reflexão

ISSNe 2447-6803 (eletrônico)

ISSN 0102-0269 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.