Imagens de cidade, imagens de cinema

Denio Munia Benfatti

Resumo


A grande cidade, a metrópole moderna, é um fato que se difunde por diferentes contextos sociais na passagem do século XIX para o XX. Esse fato é gerador de um modo de vida completamente
próprio e distinto do modo de vida no campo. Mais do que isso, apesar da inércia de algumas visões de cidade que vem desde passagens da Bíblia, a metrópole também é geradora de escrituras próprias, de novas formas de representação, de linguagem.
PALAVRAS-CHAVE: cidade e cinema, urbanismo, urbanização.

Palavras-chave


cidade e cinema, urbanismo, urbanização.

Texto completo:

PDF

Referências


AUDELAIRE, C. Oeuvres complètes. Paris: La Pléiade,

(Le peintre de la vie moderne)

BENJAMIN, W. Charles Baudelaire. Un poète lirique à

l’apogée du capitalisme. Paris: Payot, 1974. (Petit

Bibliothéque Payot)

DOUCHET, J. La ville tentaculaire. In: Cité-Cinés. La

Villette: Editions Ramsay, 1987.

VERDONE, M. Il cinema neorrealista. Da Rosselini a

Pasolini. Palermo: Celebes Editore, 1977.

ZERAFFA, M. Villes demoniaques. Revue d’Esthétique:

“La Ville n’est pas un lieu” UGE, v.10/18, n.1193,

p.57, 1977.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.