O desenvolvimento do programa em paralelo às soluções formais e estruturais no museu de arte contemporânea de Niterói

Simone Neiva, Rafael Perrone

Resumo


Esse artigo é parte de um estudo de casos dentro de uma ampla análise dos projetos de museus de Oscar Niemeyer, que teve por objetivo verificar, dentro dos procedimentos
projetuais, a relação entre programa e concepção arquitetônica. O texto não discute as soluções formais ou construtivas, porém as focaliza na perspectiva programa versus decisões formais/estruturais. O artigo acompanha as alterações de programa que estiveram envolvidas apenas no projeto do Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Foram investigados textos, croquis publicados e plantas originais. A documentação
foi inspecionada em paralelo com os testemunhos que expõem as alterações formais, estruturais e programáticas apresentadas no projeto definitivo, e por meio de verificações
na obra em si.
PALAVRAS-CHAVE: Estrutura e programa. Forma. Museu de Arte Contemporânea de Niterói.

Palavras-chave


Estrutura e programa. Forma. Museu de Arte Contemporânea de Niterói.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAL, F.F. A procura da beleza: aprendendo com

Oscar Niemeyer. 2002. Dissertação (Mestrado) —

Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.

GONÇALVES, S.N.L. Museus projetados por Oscar Niemeyer

de 1951 a 2006: o programa como coadjuvante.

Tese (Doutorado) — Universidade de São Paulo, São

Paulo, 2010.

NIEMEYER, O. (Org.). Museu de Arte Contemporânea

de Niterói. Rio de Janeiro: Revan, 1997.

OHTAKE, R. Oscar Niemeyer. São Paulo: Publifolha,

SEGRE, R. Oscar Niemeyer na Baía de Guanabara: formas

puras em contraste com a exuberância da natureza

tropical. Projeto/Desing, n.202, 1996.

SINELLI, M. Flor na paisagem. A Construção, n.2369,

p.12-13, 1993.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v0n14a775

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.