História, arquitetura e cidade: a viagem à Europa como estudo no início do Século XX

Josianne Francia Cerasoli

Resumo


Neste artigo, são exploradas interpretações e repercussões das notas de viagem do arquiteto brasileiro Alexandre Albuquerque nos vários campos de atuação dos profissionais da cidade
no início do século XX. Premiado pela Escola Politécnica de São Paulo com uma estadia para estudos na Europa em 1906, o recém-diplomado Albuquerque elabora registros e reflexões sobre as transformações urbanas e as formas arquitetônicas observadas na visita a países como França, Bélgica, Áustria, Alemanha, Inglaterra e Itália, e, ao retornar ao Brasil,
divulga sobre a viagem vários estudos com os quais dialoga por vários anos em sua atuação profissional e em outros escritos. Debatidos amplamente em São Paulo na época, estudos desse tipo foram entendidos como fundamentais para complementar a educação formal dos arquitetos e acabam interferindo, diretamente ou não, nos projetos de obras para edificações e em planos urbanísticos, nas atividades ligadas ao ensino formal de história da arquitetura e artes, e também especificamente nos apontamentos teóricos sobre arquitetura. Portanto, esta investigação tem como objetivo contribuir para a compreensão da importância das viagens de estudo e do papel da história da arquitetura europeia na escolha e na composição
dos repertórios arquitetônicos no espaço urbano no início do século XX.
PALAVRAS-CHAVE: Alexandre Albuquerque. Arquitetura (história). Viagens de formação.

Palavras-chave


Alexandre Albuquerque. Arquitetura (história). Viagens de formação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALBUQUERQUE, A. Impressões da Europa. Revista

Polytechinica, v.15, p.182-198, 1907a.

ALBUQUERQUE, A. Impressões da Europa. Revista

Polytechinica, v.16, p.267-283, 1907b.

ALBUQUERQUE, A. Impressões da Europa. Revista

Polytechinica, v.17, p.315-334, 1907c.

ALBUQUERQUE, A. Estudo do Renascimento italiano e

seu desenvolvimento. São Paulo: Typographia Brasil de

Rotschild, 1909.

BLODGETT, G. Cass Gilbert: the early years. St.Paul,

MN: Minnesota HS Press, 2001.

CARVALHO, M.C.W. Ramos de Azevedo. São Paulo:

EDUSP, 2000.

CHOAY, F. A Regra e o modelo: sobre a teoria da arquitetura

e do urbanismo. São Paulo: Perspectiva, 1985.

COLQUHOUN, A. Modernidade e tradição clássica:

ensaios sobre arquitetura 1980-1987. São Paulo:

Cosac Naify, 2004.

GOETHE, J.W. Viagem à Itália 1786-1788. São Paulo:

Companhia das Letras, 1999.

HEHL, M.E. Viagem de instrucção á Itália: consideração

historica arqhitectonica. In: ANNUARIO DA ESCOLA

POLYTHECNICA DE S. PAULO PARA O ANNO DE 1906.

São Paulo: Tyographia do Diario Official, 1906. p.3-24.

LARSON, P.C.Cass Gilbert abroad: the young architect’s

European tour. Afton-MN: Afton HS Press, 2003.

SALGUEIRO, V. Grad Tour: uma contribuição à história

do viajar por prazer e por amor à cultura. Revista Brasileira

de História, v.22, n.44, p.289-310, 2002.

TAYNE, H. Voyage en Italie. Bruxeles: Complexe, 1990.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v0n14a773

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.