A paisagem do trabalho | The landscape of work

Antonio Aparecido Fabiano Junior, Guilherme Moreira Petrella

Resumo


Quando se inicia este pequeno texto com a expressão “a paisagem do trabalho”, busca-se iluminar de imediato três questões que são suscitadas pelos desenhos de Antonio Fabiano Jr. Primeira, da paisagem do trabalho enquanto se desenha e representa algum espaço real ou imaginário, panorama ou vista que contém e experimenta narrativas e ficções; segunda, da paisagem do trabalho enquanto o território de atuação do Antonio como pesquisador e professor, resultantes de uma ação política, técnica, estética, do fazer arquitetura e urbanismo; e, terceira, a paisagem do trabalho enquanto lugar de manifestação espacial da classe trabalhadora, suas casas, equipamentos, serviços, infraestruturas, em suma, o território da “reprodução da força de trabalho” e suas múltiplas experiências e concepções de vida.


Texto completo:

PDF

Referências


OXFAM. A distância que nos une: um retrato das desigualdades brasileiras. São Paulo: Oxfam Brasil, 2017. Available from: . Cited: Sept. 23, 2018.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v16n1a4369

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.