Igreja do Monastério Beneditino da Santíssima Trindade de Las Condes, Chile: uma arquitetura do modernismo latino‑americano pouco conhecida no Brasil | Church of the Benedictine Monastery of the Holy Trinity of Las Condes, Chile: An architecture Of Latin American modernism little known in Brazil

Simone Neiva, Rafael Perrone

Resumo


O artigo descreve a Igreja do Monastério Beneditino da Santíssima Trindade de Las Condes, localizada em Santiago, Chile. Uma obra da arquitetura moderna latino‑americana de grande qualidade projetual, ainda pouco conhecida no Brasil. O objetivo do artigo e contribuir para a ampliação do repertorio teórico e critico referente a arquitetura moderna latino‑americana. O texto explora a descrição da arquitetura e várias interpretações já realizadas sobre a igreja.


Palavras-chave


Arquitetura moderna. Igreja. Las Condes. Monastério.

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUDA, V. Tradição e renovação: a arquitetura dos monastérios beneditinos contemporâneos no Brasil. 2007. 170f. Dissertação (Mestrado em Historia e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo) — Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. f.40.

CABRAL, C.P.C. Historia de um lugar moderno: Clorindo Testa e o centro cívico de Santa Rosa, La Pampa. Revista do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da FAUUSP, v.20, n.34, p.110‑125, 2013.

COMAS, C.E.D. Memorando latino‑americano: la ejemplaridade arquitectonica de lo marginal. Revista Internacional de Arquitectura, v.8, p.10‑20, 1998.

COX, C.F.; TOCA, A. America Latina: nueva arquitectura una modernidad posracionalista. Naucalpan de Juarez: Editora Gustavo Gili, 1998.

COX, C.F.; TOCA, A. El orden: complejo de la arquitectura: teoria basica del processo projectual. Santiago: Universidad Mayor, 2005. p.61‑66.

DUBY, G. O tempo das catedrais: arte e sociedade (980‑1420). Lisboa: Editorial Estampa,1978. p.105.

GOOGLE MAPS. Localização do Monastério Beneditino da Santíssima Trindade na região de Las Condes. 2018. Disponível em: . Acesso em: 12 ago. 2018.

GROSS P.; CORREA, H.M. OSB: una conversacion a distancia y en el tiempo. Revista AOA: Associacion de Oficinas de Arquitectos Chile, n.25, p.24‑45, 2014.

GROSS P.; VIAL, E. El monasterio benedictino de las Condes: una obra de arquitectura patrimonial. Santiago: Universidade Catolica de Chile, 1988.

GUTIERREZ, R. Arquitetura latino‑americana. São Paulo: Nobel, 1989.

HARBERSON, J.F. The study of architectural design. New York: The Pencil Points, 1927. p.91.

HOLLANDA, M. Classicos da arquitetura: Capela do Monasterio Beneditino/Gabriel Guarda e Martin Correa. Archdaily, 2012. Disponivel em: . Acesso em: 23 jan. 2017.

LE CORBUSIER. Por uma arquitetura. Sao Paulo: Perspectiva, 1989. p.13.

MARGOTTO, L. Lições de Arquitetura: leituras a partir de poéticas. 2016. 248f. Tese (Doutorado em Historia e Fundamentos da Arquitetura e Urbanismo) — Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.

MONTANER, J.M. Arquitetura e critica na América Latina. São Paulo: Romano Guerra, 2014.

MOSQUERA, L.M. Identidad y modenidad. Revista Summa, n.212, p.3‑25, 1985.

OLIVEIRA, L.M.B.A. A invenção da luz moderna. 2005. 400f. Tese (Doutorado em Estruturas Ambientais Urbanas) — Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

PERRONE, R.A.C. O desenho como signo da Arquitetura. 1993. 3v. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) — Universidade de São Paulo, São Paulo, 1993. f.165.

RODRIGUES, R.M. La iglesia del Monasterio Benedictino de las Condes: propuesta precedentes. Arquiteturarevista, v.6, n.2, p.106‑126, 2010.

RODRIGUES, R.M. Una Arquitectura ausente ilumina la celebracion del misterio: la iglesia del monasterio benedictino de las condes: entrevista el arquitecto Martin Correa, OSB: Boletin Academico. Revista de Investigacion y Arquitetctura Contemporanea. v.2, n.2, p.56‑63, 2012.

SEGAWA, H. Arquitectura latinoamericana contemporánea. Barcelona: Gustavo Gili, 2005.

SEGRE, R. America Latina 2000: arquitetura na encruzilhada. International Architecture Yearbook, The Images Publishing Group, n.7, p.14‑15, 2001.

STEANE, M.A. The architecture of light: Recent approaches to designing with natural light. London: Routledge, 2011. p.36‑41.

WAISMAN, M. La arquitectura descentrada: historia y teoria latinoamericana. Bogotá: Escala, 1995.

ZEIN, R.V. A arquitetura da escola brutalista paulistana 1953‑1973. 2005. 197f. Tese (Doutorado em Arquitetura) — Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

ZEIN, R.V. Ha que se ir as coisas: revendo as obras. In: ROCHA‑PEIXOTO, G. et al. (Org.). Leituras em Teoria da Arquitetura 3: objetos. Rio de Janeiro: Rio Books, 2011. p.204‑234.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v16n1a4037

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.