Fotografia sequencial e fotomontagem: alternativas para o estudo da dinâmica da paisagem urbana | Time‑lapse photography and photomontage: Alternatives for studying the dynamics of urban landscape

Fernanda Tomiello, Eduardo Rocha, Maurício Couto Polidori

Resumo


As imagens fotográficas costumam mostrar um único instante, um fragmento temporal ínfimo diante dos inúmeros estados que a imagem assume com o passar do tempo, embora a paisagem urbana compreenda relações espaço‑temporais dinâmicas. Considerando isso, este trabalho tem como tema o estudo de imagens capturadas através de fotografia sequencial e agrupadas por meio de fotomontagem, criando novas imagens, descrevendo mudanças na paisagem urbana. Sendo assim, o objetivo geral do artigo e mostrar, representar e (re)criar a dinâmica da paisagem através de imagens fotográficas, experimentando e discutindo possibilidades, buscando aproximar representação e realidade, produzindo novas realidades e percepções. O método utilizado foi o da cartografia, focando a investigação no processo, pressupondo que o ato de conhecer e criador da realidade e questionando o paradigma da representação. Os estudos teóricos e exploratórios indicam que imagens criadas através da combinação entre fotografia sequencial e fotomontagem permitem expandir a dimensão temporal da fotografia e possuem potencial artístico e criativo mais marcante que imagens convencionais. Além disso, essas imagens também podem ser mais representativas, em função da possibilidade de capturar processos e relações, além de estados e objetos, relacionando o conteúdo da imagem com a multiplicidade de fragmentos espaço‑temporais da paisagem urbana.


Palavras-chave


Cidade e contemporaneidade. Fotografia sequencial. Fotomontagem. Paisagem urbana.

Texto completo:

PDF

Referências


ADES, D. Fotomontaje. Barcelona: Gustavo Gili, 2002.

DECRETO que normatiza o uso de trailers e quiosques e sancionado. Equipe Pelotas Agora, Pelotas, 2014. Disponível em: . Acesso em: 16 maio 2018.

DUBOIS, P. O ato fotográfico. Campinas: Papirus, 2012.

FATORELLI, A. Fotografia contemporânea: entre o cinema, o vídeo e as novas mídias. Rio de Janeiro: Senac Nacional, 2013.

FERNANDES JUNIOR, R. Processos de criação na fotografia apontamentos para o entendimento dos vetores e das variáveis da produção fotográfica. Facom: Revista da Faculdade de Comunicação da FAAP, v.1, n.16, p.10‑19, 2006.

FLUSSER, V. Filosofia da caixa preta. São Paulo: Hucitec, 1985.

FUAO, F. F. A collage como trajetória amorosa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2011.

FUAO, F. F. A representação de Matias. ArqTexto, v.1, n.7, p.80‑95, 2005. Disponível em: . Acesso em: 1 ago. 2015.

FUAO, F. F. Fotografia e arquitetura. Fernando Fuão Ensaios e livros, Porto Alegre, 2012. Disponível em: . Acesso em: 23 maio 2015.

MEINIG, D. W. O olho que observa: dez versões da mesma cena. Espaço e Cultura, V.1, N.13, p.35‑46, 2002.

NAME, L. O conceito de paisagem na geografia e sua relação com o conceito de cultura. GeoTextos, v.6, p.163‑186, 2010. Rio de Janeiro. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2017.

PASSOS, E. et al. Pistas do método da cartografia: pesquisa‑intervenção e produção de subjetividade. Porto Alegre: Sulina, 2009.

PEIXOTO, N. B. Paisagens urbanas. São Paulo: Senac, 2004.

SANTOS, M. A natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção. São Paulo: Hucitec, 1996.

SANTOS, M. Metamorfoses do espaço habitado, fundamentos teórico e metodológico da geografia. Sao Paulo: Hucitec, 1988.

SHIELDS, J. A. E. Collage and architecture. New York: Routledge, 2014.

SONTAG, S. Sobre fotografia. São Paulo: Companhia das letras, 2004.

TORRENS, P., O’SULLIVAN, D. Cellular automata and urban simulation: where do we go from here? Environment and Planning B: Planning and Design, v.2, n.28, p.163‑168, 2001.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v15n2a4035

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.