Como conventos desenham cidades: de Portugal ao Brasil, percursos da casa franciscana

Maria Angélica Silva

Resumo


A partir de três grandes linhas de forca do Franciscanismo — o desapego aos bens materiais, a inerência e o vínculo com as cidades — serão analisados os casos dos seus conventos e suas relações urbanas em Portugal e Brasil. Acompanhar‑se‑á o caminho das experiências espaciais dos primórdios do Franciscanismo aos impasses vividos pelos conventos nas suas relações com os lugares urbanos, em especial, na migração do Velho para o Novo Mundo. Ao final, apresenta‑se um balanço das possibilidades dos conventos ainda falarem aos lugares urbanos na contemporaneidade.

PALAVRAS-CHAVE: Conventos franciscanos. Diálogos patrimoniais transculturais. História urbana.


Palavras-chave


Conventos franciscanos. Diálogos patrimoniais transculturais. História urbana.

Texto completo:

PDF

Referências


AMORIM, M.A.F. A missionação franciscana no Estado do Grão Pará e Maranhão (1622‑1750): agentes,

estrutura e dinâmica. Tese (Doutorado em História) — Universidade de Lisboa, Lisboa, 2011.

BAZIN, G. A arquitetura religiosa barroca no Brasil. Rio de Janeiro: Record, 1983.

BRAUNFELS, W. Monasteries of Western Europe: the architecture of the orders. Londres: Thames

and Hudson, 1993.

CAMPELLO, G.O. O brilho da simplicidade: dois estudos sobre a arquitetura religiosa no Brasil

colonial. Rio de Janeiro: Casa da Palavra, 2001.

DUBY, G. O tempo das catedrais, a arte e a sociedade. Lisboa: Editorial Estampa, 1979.

FALBEL, N. Os espirituais franciscanos. São Paulo: Perspectiva, 1995.

FRESNEDA, F.M. Manual de filosofia franciscana, Madrid: Bibl. de Autores Cristianos, 2004.

GONÇALVES, L.F. A revolução franciscana na arte ocidental. In: Actas do I–II Seminário do

Franciscanismo em Portugal. Lisboa: Fundação Oriente, 1996. p.262.

GOOGLE EARTH. Software da Google que disponibiliza imagens de satélite de vários lugares do

mundo: vista aérea das fachadas dos conventos, 2017a. Disponível em: <https://www.google.com/

earth/>. Acesso em: 4 mar. 2017.

GOOGLE EARTH. Software da Google que disponibiliza imagens de satélite de vários lugares do

mundo: vista aérea do Convento São Francisco de Lisboa, 2017b. Disponível em: <https://www.

google.com/earth/>. Acesso em: 4 mar. 2017.

GOOGLE EARTH. Software da Google que disponibiliza imagens de satélite de vários lugares do

mundo: vista aérea do Convento franciscano de Évora, 2017c. Disponível em: <https://www.google.

com/earth/>. Acesso em: 4 mar. 2017.

GOOGLE EARTH. Software da Google que disponibiliza imagens de satélite de vários lugares do

mundo: vista aérea do Palácio de Mafra, 2017d. Disponível em: .

Acesso em: 4 mar. 2017.

GOOGLE EARTH. Software da Google que disponibiliza imagens de satélite de vários lugares do

mundo: vista aérea do Convento franciscano de Sintra, 2017e. Disponível em: <https://www.google.

com/earth/>. Acesso em: 4 mar. 2017.

GOOGLE EARTH. Software da Google que disponibiliza imagens de satélite de vários lugares do

mundo: vista aérea do Convento franciscano de Vila Velha, 2017f. Disponível em: <https://www.

google.com/earth/>. Acesso em: 4 mar. 2017.

GRUPO DE PESQUISA ESTUDOS DA PAISAGEM. Fachadas dos conventos de Penedo (AL),

Cairu (BA), São Francisco do Conde (BA), Igarassu (PE), Sirinhaém (PE), São Cristóvão (SE), Cachoeira

(BA), Marechal Deodoro (AL), Olinda (PE), Igarassu (PE), Salvador (BA. Hospício), Ipojuca

(PE), Pau d’Alho (PE), Salvador (BA) e Recife (PE). Maceió: UFAL, 2006‑2017.

GRUPO DE PESQUISA ESTUDOS DA PAISAGEM. Movimentos de perda de área da cerca do

Convento de São Francisco de Salvador. Maceió: UFAL, 2011.

GRUPO DE PESQUISA ESTUDOS DA PAISAGEM. Movimentos de perda de área da cerca e

fachada do Convento Franciscano de Penedo (Brasil). Maceió: UFAL, 2016.

LE GOFF, J. As raízes medievais da Europa. Petrópolis: Vozes, 2010.

LE GOFF, J. São Francisco de Assis. Rio de Janeiro: Record, 2011.

MERLO, G. G. Em nome de São Francisco. Petrópolis: Vozes, 2005. p.60‑86.

MONTEIRO, M.F.M. Sistema monástico conventual e desenvolvimento urbano de Évora na baixa

idade média. 2010. Tese (Doutorado em Arquitetura) — Universidade de Évora, Évora, 2010.

RIBEIRO, B. Guia de Portugal Franciscano Continental e Insular. Leixões: Residência de Leixões,

p.26‑31.

ROS, V. G. Los Franciscanos y la arquitectura de San Francisco a la exclaustración. Valência: Editorial

Assis, 2000. p.55‑58.

SCHENKLUHN, W. Architetettura degli Ordini Mendicanti: Lo stile architettonico dei Domenicani

e dei Francescani in Europa. Padova: Editora Francescane, 2003.

SOUSA, B.V. et al. Ordens religiosas em Portugal: das origens a trento: guia histórico. Lisboa: Livros

Horizonte, 2006. p.586‑589.

TEIXEIRA, C.M. (Org.). Fontes Franciscanas e Clarianas. Petrópolis: Editora Vozes, 2008.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v14n2a3900

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.