A cartografia do turismo rural em Joinville, Santa Catarina: metodologia de elaboração, cadastro técnico e geoinformação

Marinês da Conceição Walkowski, Mirtz Orige Oliveira, Carlos Loch

Resumo


O conhecimento das informações sobre a riqueza do território do espaço rural do município de Joinville é ainda pouco desenvolvido, não sendo possível, por exemplo, obter informações gráficas, descritivas e tabulares do espaço rural, contendo todos os elementos georreferenciados para construir o conhecimento detalhado dos aspectos físico-espaciais e do potencial turístico. Nesse sentido, o desafio para o planejamento desse setor reside em utilizar a geoinformação na tomada de decisões relacionadas à gestão do turismo no espaço rural para possibilitar o fortalecimento turístico de Joinville. O objetivo desta pesquisa é realizar uma descrição físico-espacial da microbacia do Piraí, por meio da aplicação do cadastro técnico e sistema de informações geográficas em uma área amostral no espaço rural de Joinville. Neste artigo, foram tratados os dados provenientes da restituição aerofotogramétrica de 2010, fornecidas pela Prefeitura Municipal de Joinville nos limites da microbacia do rio Piraí. Os métodos utilizados foram o geoprocessamento de dados vetoriais e tabulares, e a foto intepretação de imagens aéreas, tendo como ferramentas o Cadastro Técnico e o Sistema de Informações Geográficas, os quais foram trabalhados no software ArcGIS 10. Nos resultados foram obtidos mapas temáticos de três propriedades com produção associada ao turismo. Concluiu-se que o Cadastro Técnico, o potencial do Sistema de Integrações Geográficas e as imagens de alta resolução são primordiais para o planejamento turístico, podendo auxiliar a gestão pública na tomada de decisão.

PALAVRAS-CHAVE: Cadastro técnico. Caracterização físico-espacial. Cartografia do turismo. Metodologia de elaboração de cartografia. Sistemas de informações geográficas. Turismo no Espaço Rural.


Palavras-chave


Cadastro técnico. Caracterização físico-espacial. Cartografia do turismo. Metodologia de elaboração de cartografia. Sistemas de informações geográficas. Turismo no Espaço Rural.

Texto completo:

PDF

Referências


BOULLÓN, R.C. Planejamento do espaço turístico. Bauru: Edusc, 2002.

DUQUE, R.C.; MENDES, C.L. O planejamento turístico e a cartografia. Campinas: Alínea, 2006.

EMPRESA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA E EXTENSÃO RURAL; CENTRO DE INFORMAÇÕES

DE RECURSOS AMBIENTAIS E DE HIDROMETEREOLOGIA DE SANTA CATARINA. Base cartográfica digital microbacia rio Piraí. Florianópolis, 2012. Disponível em: . Acesso em:

jan. 2013.

FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO

SUSTENTÁVEL DE JOINVILLE. Joinville: cidade em dados 2009. Joinville: Prefeitura Municipal, 2009.

FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO

SUSTENTÁVEL DE JOINVILLE. Santa Catarina em números: Joinville, 2010. Disponível em: <http://www.

ippuj.sc.gov.br/>. Acesso em: 8 ago. 2011.

FUNDAÇÃO INSTITUTO DE PESQUISA E PLANEJAMENTO PARA O DESENVOLVIMENTO

SUSTENTÁVEL DE JOINVILLE. Joinville: cidade em dados 2010/2011. Joinville: Prefeitura Municipal, 2011.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICO. Base cartográfica 2008: município de Joinville.

Rio de Janeiro: IBGE, 2010. Disponível em: . Acesso em: 29 nov. 2011.

LADWIG, I.N. O cadastro técnico multifinalitário e o sistema de informação geográfica para o planejamento e a gestão

participativa sustentada no turismo, 2006. Tese (Doutorado) Faculdade de Engenharia Civil, Universidade Federal

de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina, 2006.

LEFEBVRE, H. La production de l’espace. 4.ed. Paris: Éditions Anthropos, 2000.

LEMOS, C.C. et al. Strategic environmental assessment in tourism planning: Extent of application and quality of

documentation.Environmental Impact Assessment Review, v.35, p.1-10, 2012.Available from: <journalhomepage:

www.elsevier.com/locate/eiar>. Cited: Feb. 26, 2012.

LOCH, C.; ERBA, D. A. Cadastro técnico multifinalitário rural e urbano. Cleveland: Lincoln Institutof Land

Policy, 2007.

ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DO TURISMO. Guia de desenvolvimento sustentável. Porto Alegre: Bookman, 2003.

SISTEMA DE INFORMAÇÕES MUNICIPAIS GEORREFERRENCIADAS. Base cartográfica do vôo fotogramétrico

realizado em 2010. Joinville: Prefeitura Municipal de Joinville, 2010. Disponível em: <www.joinville.

sc.gov.br>. Acesso em: 15 jan. 2013.

SANTOS, M. A natureza do espaço. 4.ed. São Paulo: Edusp, 2004.

SILVA NETO, M.L.; GOMES, J.M.P. Mapear pode fazer a diferença: geoinformação e políticas públicas de caráter

territorial: região metropolitana de campinas. Oculum Ensaios, n.14, p.82-103, 2011.

SMITH, V.; BRENT, M. Hosts and guests revisited: Tourism issues for the century. New York: Cognizant

Communication Corporation, 2001.

WORLD TRAVEL & TOURISM. Espanha para sediar o dia mundial do turismo 2012 sob o tema turismo e energia

sustentável. 2013. Disponível em: .

Acesso em: 20 mar. 2012 (Press Release.

nº PR12015).




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v11n2a2546

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.