Restauro arquitetônico: o cerne é a formação

Ana Paula Farah

Resumo


O artigo aborda a formação do arquiteto-urbanista contemporâneo para atuar no patrimônio construído e em construções de interesse para preservação, legitimando a importância do mesmo como sendo o profissional responsável para elaboração do projeto de restauro arquitetônico. Enfatiza-se que esse mesmo profissional deve ter base adequada e conteúdo suficiente no âmbito de sua formação acadêmica, pois a consequência da falta do ensino tem tido por resultado a deturpação ou destruição de documentos históricos que são a base para memória coletiva, afetando, assim, a transmissão do legado das gerações passadas para as gerações futuras. Serão expostos os pensamentos dos principais teóricos do território italiano, ambiente que tem larga tradição de discussões relacionadas ao campo disciplinar do restauro, por ter sido o primeiro a criar a disciplina Restauro dos Monumentos no âmbito da formação do arquiteto e pelo fato de o pensamento oriundo desse ambiente fundamentar os documentos internacionais mais relevantes do campo em questão.

PALAVRAS-CHAVE: Ensino. Formação. Restauro arquitetônico.


Palavras-chave


Ensino. Formação. Restauro arquitetônico.

Texto completo:

PDF

Referências


BONELLI, R. Architettura e restauro. Venezia: Neri Pozza Editore, 1959. p.13-29.

CAMPANELLI, A.P. Restauro: esclusivo domínio della profissione di architetto. Rivista Bimestrale

dell’Ordine degli Architetti di Roma e Provincia, v.84, n.9, p.50-52, 2009.

CARBONARA, G. Avicinamento al restauro: teoria, storia, monumenti. Milano: Liguori, 1997.

CARBONARA, G. Riforma universitaria: ripercussioni alla formazione specialistica. ARKOS: Scienza

e Restauro, v.9, n.4, p.10-17, 2002.

CARBONARA, G. Trattato di restauro architettonico. Torino: UTET, 2004.

CARBONARA, G. Restauro: nodo centrale é la formazione.Rivista Bimestrale dell’Ordine degli Architetti

di Roma e Provincia, v.84, n.9, p.31-32, 2009.

DETRY, N.; PRUNET, P. Architecture et restauration. Paris: Éditions de la Passion, 2000.

FABRRI, R. Conservare l’antico: la formazione nelle discipline del Restauro Architettonico alla

Facoltà di Architettura di Ferrara. In: MAIETTI, F. Dalla grammatica del paesaggio alla grammatica

del costruito: território e tessuto storico dell’insediamento urbano di Stellata. Firenze: Nardini,

p.11-14.

FARAH, A.P. Restauro arquitetônico: a formação do arquiteto-urbanista no Brasil para preservação do

patrimônio edificado — o caso das escolas do Estado de São Paulo. 2012. Tese (Doutorado em História

e Fundamentos da Arquitetura e do Urbanismo) — Faculdade de Arquitetura e Urbanismo,

Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

JOKILEHTO, J. Sull’insegnamento nel campo del restauro dei monumenti in vari paesi. Restauro:

Quaderni di Restauro dei Monumenti e di Urbanística dei Centri Storici, v.16, n.94, p.99-104, 1987.

KÜHL, B.M. A restauração como campo disciplinar autônomo. Museu Histórico Nacional, v.40,

p.351-373, 2008.

KÜHL, B.M. Preservação do patrimônio arquitetônico da industrialização: problemas teóricos de restauro.

Cotia: Ateliê, 2009.

LUMIA, C. A proposito del restauro e della conservazione: colloquio con Amadeo Bellini, Salvatore

Boscarino, Giovanni Carbonara e B. Paolo Torsello. Roma: Gangemi, 2003.

PANE, R. Attualità e dialettica del restauro. Chieti: Marino Solfanelli, 1987.

RABBI, O. Le “Nuove Radici Antiche” nella formazione dell’architetto del duemila. Tema: Tempo

Materia Architettura, n.4, p.74-76, 1998.

RUFINONI, M.R. Preservação e restauro urbano: teoria e prática de intervenção em sítios industriais

de interesse cultural. 2009. Tese (Doutorado) — Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade

de São Paulo, São Paulo, 2009.

TRECCANI, G.P. Il principio era la cura: medico e restauratore — un paragone da rivisitare. TeMa:

Tempo, Materia ed Architettura, n.3/4, 1996. p.133-138.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v10n2a2145

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.