Hábitos no habitar: um estudo sobre os hábitos de morar em diferentes perfis habitacionais

Alice de Almeida Barros, Maria Emília de Gusmão Couto

Resumo


Este breve artigo trata sobre os primeiros resultados da atual pesquisa acadêmica que está sendo desenvolvida na dissertação de mestrado cuja temática envolve a identificação de hábitos de morar na cidade de Maceió estado de Alagoas. O trabalho pretende compreender como tais hábitos de morar se estabelecem no espaço privado da casa.

PALAVRAS-CHAVE: Casa. Espaço privado. Hábitos de morar.


Palavras-chave


Casa. Espaço privado. Hábitos de morar.

Texto completo:

PDF

Referências


BACHELARD, G. A poética do espaço. 7.ed. São Paulo:

Martins Fontes, 2005.

BRANDÃO, L.L. A casa subjetiva: matérias, afectos e

espaços dométicos. São Paulo: Perspectiva, 2002.

CARLOS, A.F.A. O lugar no/do mundo. São Paulo: Hucitec,

DAMATTA, R. A casa e a rua: espaço, cidadania, mulher

e morte no Brasil. In: DAMATTA, R. Espaço: casa, rua e

outro mundo: o caso do Brasil. São Paulo: Brasiliense,

p.25-54.

DELEUZE, G.; GUATTARI, F. Mil Platôs: capitalismo e

esquizofrenia. Rio de Janeiro: Editora 34, 1980.

FERREIRA, A.B.H. Dicionário da Língua Portuguesa.

ed. Rio de Janeiro: Positivo, 2010.

MONTANER, J.M. A modernidade superada: arquitetura,

arte e pensamento do século XX. Barcelona: Gustavo

Gili, 2001.

PALLASMAA, J. Os olhos da pele: a arquitetura dos sentidos.

Porto alegre: Bookman, 2011.

PROST, A.; VINCENT, G. (Org.). História da vida privada:

da primeira guerra a nossos dias. São Paulo: Companhia

das Letras, 1992.

ROUX, M. O re-encantamento do territótio. In: SILVA,

A.A.D.; GALENO, A. (Org.). Geografia: ciência do complexus

— ensaios transdisciplinares. Porto Alegre:

Sulina, 2004. p.42-64.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v0n16a1453

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.