Favelas viram bairros de verdade? Reflexões sobre a propaganda do programa Vila Viva do Aglomerado da Serra

Reginaldo Magalhães de Almeida

Resumo


No presente artigo, pretende-se desenvolver uma crítica sobre as capas dos folhetos de propaganda do Vila Viva, no Aglomerado da Serra, distribuídos em 2011, quando da inauguração das obras de intervenção da primeira etapa do programa. As capas dos folhetos apresentam frases como “Aglomerado ganha cara de bairro” e “As favelas e aglomerados viram bairros de verdade”. A proposta de análise permeia o discurso e as imagens inseridas nas capas dos folhetos como um processo (ainda que não intencional) de alienação e dominação. O artigo conclui que os folhetos permitem disseminar, de forma persuasiva, para toda a sociedade, as ideologias de um determinado grupo social, inserindo no inconsciente das pessoas produtos que essas deveriam desejar.

PALAVRAS-CHAVE: Folhetos de propaganda. Ideologias. Indústria cultural. Vila Viva.


Palavras-chave


Folhetos de propaganda. Ideologias. Indústria cultural. Vila Viva.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, T.W.; HORKHEIMER, M. Dialética do esclarecimento:

fragmentos filosóficos. Rio de Janeiro: Jorge

Zahar, 1985.

ARANHA, M.L.A.; MARTINS, M.H.P. Filosofando: introdução

à filosofia. São Paulo: Moderna, 1993.

BELO HORIZONTE. Secretaria Municipal de Meio

Ambiente. Processo de licenciamento ambiental do Programa

Vila Viva. Belo Horizonte: SMMA, 2011.

CARDOSO, A.L. Urbanização de favelas no Brasil:

reven do a experiência e pensando o desafio. In: ASSOCIAÇÃO

NACIONAL DE PÓS-GRADUAÇÃO E PESQUISA

EM PLANEJAMENTO URBANO E REGIONAL, 12., 2007,

Belém. Anais… Rio de Janeiro: ANPUR, 2007. p.9

COMPANHIA URBANIZADORA DE BELO HORIZONTE.

Programa Vila Viva. Belo Horizonte: Urbel, 2011.

DEBORD, G. A sociedade do espetáculo. São Paulo: Contraponto,

JACOBS, J. Morte e vida de grandes cidades. São Paulo:

Martins Fontes, 2000.

McQUAIL, D. Teorias da comunicação de massa. Lisboa:

Fundação Gulbenkian, 2003.

MOLES, A. O cartaz. São Paulo: Perspectiva, 2004.

QUINTERO, A.P. História da propaganda: notas para

um estudo da propaganda política e de guerra. Lisboa:

Planeta, 1993.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v0n16a1449

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.