Bangalô - subúrbio: a circulação intercontinental de uma nova cultura da habitação no início do século XX

Maristela da Silva Janjulio

Resumo


No limiar do século XX, novas questões sobre a vida moderna transitaram entre os países, nos vários continentes, como sanitarismo, habitação, planejamento e saúde. A circulação de novas ideias tornou-se possível, entre outros fatores, devido ao incremento do comércio internacional, que levou a vários tipos de trocas, de caráter comercial, científico, cultural e social. Com a expansão da economia, a urbanização acelerada e o crescimento das cidades, observa-se, no final do século XIX, a constituição de subúrbios em áreas rurais das grandes cidades. Um tipo de habitação originário da Índia - o bangalô - se consolidará como a habitação suburbana por excelência, constituindo um ambiente privatizado e planejado para a família nuclear, contraposto ao espaço público. O presente texto analisa a migração dessa cultura burguesa de habitação, primeiro da Inglaterra para os Estados Unidos, e depois para o Brasil, com foco na cidade de São Paulo. Com o crescimento acelerado da cidade, os subúrbios também se constituirão em solução para a localização da moradia, basicamente unifamiliar. Serão criados vários subúrbios-jardins voltados para as camadas médias, tendo como modelo o Jardim América, da Companhia City, o precursor, nos anos 1910.

Palavras-chave: Arquitetura anos 1920. Arts and Crafts. Bangalô. Casa burguesa.


Palavras-chave


Arquitetura anos 1920. Arts and Crafts. Bangalô. Casa burguesa.

Texto completo:

PDF

Referências


AMERICANO, J. São Paulo nesse tempo (1915-1935).

São Paulo: Melhoramentos, [193-].

ANDRADE, C.R.M. Barry Parker: um arquiteto inglês na

cidade de São Paulo. 1998. Tese (Doutorado em Arquitetura

e Urbanismo) — Faculdade de Arquitetura e Urbanismo,

Universidade de São Paulo, São Paulo, 1998.

BRUNO, E.S. História e tradições da cidade de São Paulo.

São Paulo: Hucitec, 1984. v.3.

CARVALHO, V.C. Gênero e artefato: o sistema doméstico

na perspectiva da cultura caterial — São Paulo, 1870-

São Paulo: Fapesp, 2008.

CORREIA, T.B.A Construção do habitat moderno no Brasil

— 1870-1950. São Carlos: RiMa, 2004.

JANJULIO, M.S. Arquitetura residencial paulistana dos

anos 1920: ressonâncias do Arts and Crafts? 2009. Dissertação

(Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) —

Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de

São Paulo, São Carlos, 2009.

KING, A.D. The Bungalow: the production of a global

culture. Oxford: Oxford University Press, 1995.

KREISMAN, L; MASON, G. The arts and crafts movement

in the pacific Northwest. Portland: Timber Press, 2007.

LANCASTER, C. The American bungalow: 1880-1930.

New York: Abbeville Press, 1985.

MORSE, R.M. Formação histórica de São Paulo (de

Comunidade a Metrópole). São Paulo: Difusão Européia

do Livro, 1970.

PASSOS, M.L.P.; EMÍDIO, T. Desenhando São Paulo:

mapas e literatura, 1877-1954. São Paulo: Imprensa

Oficial, 2009.

PEREIRA, M.S. The Time of the Capitals: Rio de Janeiro

and São Paulo: Words, Actors and Plans. In: ALMANDOZ,

A. (Ed.). Planning Latin America’s Capital Cities

-1950. London: Routledge, 2002. p.75-108.

PINHEIRO, P.S. Classes médias urbanas: formação,

natureza, intervenção na vida política. In: FAUSTO, B.

(Ed.). O Brasil Republicano. São Paulo: DIFEL, 1985.

Tomo III, v.2.

A CASA. Segadas & Cordeiro, n. 4, 1924a.

A CASA. Segadas & Cordeiro, n. 8, 1924b.

A CASA. Segadas & Cordeiro, n.16, 1925.

A CASA. Segadas & Cordeiro, n.56, 1928.

A CASA. Segadas & Cordeiro, n.68, 1929.

SEGAWA, H. Prelúdio da metrópole: arquitetura e urbanismo

em São Paulo na passagem do Século XIX ao XX.

São Paulo: Ateliê Editorial, 2000.

SEVCENKO, N. Orfeu extático na metrópole: São Paulo,

sociedade e cultura nos frementes anos 20. São Paulo:

Companhia das Letras, 2003.

THE CITY OF SÃO PAULO IMPROVEMENTS & FREEHOLD

LAND. Jardim América. São Paulo, [s.n.], 1923.

WEISSMAN, A. Introduction to the Dover Edition. In:

STICKLEY, G. (Org.) Craftsman bungalows: 59 homes

from “The Craftsman”. New York: Dover Publications,

p.v-vi.

WILSON, H. L. The Bungalow book: floor plans and

photos of 112 houses, 1910. Mineola, N.Y.: Dover

Publications, 2006.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0919v0n13a140

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Oculum Ensaios

ISSNe 2318-0919 (eletrônico)
ISSN 1519-7727 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.