Efeitos do treinamento concorrente sobre variáveis de saúde de hipertensas

Anderson Leandro Peres Campos, Lourenço dos Santos Del Ponte, Mariângela da Rosa Afonso, Volmar Geraldo da Silva Nunes

Resumo


Objetivo

O objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos de um programa de exercícios físicos de dez semanas sobre o consumo máximo de oxigênio, composição corporal e parâmetros neuromusculares em mulheres hipertensas.

Métodos

Quinze mulheres com média de idade de 63,7±5,1 anos participaram do estudo.

Resultados

Os resultados evidenciaram que um programa de exercícios de duas sessões de treinamento de resistência muscular com duas sessões de 20 repetições com carga equivalente a 50% de uma repetição máxima associado a uma sessão de treinamento aeróbio com intensidade de 50% do consumo máximo de oxigênio foi suficiente para aumentar o consumo máximo de oxigênio de 19,51±3,01 para 25,4±3,47 (p<0,001), a força de preensão manual de 21,6±5,69 para 25,26±4,42 (p=0,001), e a flexibilidade de 18,53±7,68 para 20,86±7,96 (p=0,01).

Conclusão

Estes resultados reforçam a importância da realização de programas de exercícios físicos como meio de reduzir fatores de risco e melhorar a qualidade de vida de pessoas hipertensas.

Termos de indexação: Aptidão física. Exercício. Hipertensão.


Palavras-chave


Aptidão física. Exercício. Hipertensão.

Texto completo:

PDF

Referências


Sociedade Brasileira de Cardiologia. VI Diretrizes

Brasileiras de Hipertensão. Arq Bras Cardiol. 2010;

(Supl 1):1-51.

American College of Sports Medicine. American

College of Sports Medicine position stand physical

activity for older adults. Med Sci Sports Exerc. 2009;

(7):1510-30.

Sociedade Brasileira de Cardiologia. V Diretrizes

Brasileiras de Hipertensão. Arq Bras Cardiol. 2007;

(3):24-79.

Williams B. The year in hypertension. JACC. 2010;

(1):66-73.

Pescatello LS, Franklin BA, Fagard R, Farquhar WB,

Kelley GA, Ray CA. American College of Sports

Medicine position stand: Exercise and hypertension.

Med Sci Sports Exerc. 2004; 36(3):533-53.

Whelton SP, Chin A, Xin X, He J. Effect of aerobic

exercise on blood pressure: A meta-analysis of

randomized, controlled trials. Ann Intern Med. 2002;

(7):493-503.

Rondon MU, Brum PC. Exercício físico como

tratamento não farmacológico da hipertensão arterial.

Rev Bras Hipertens. 2003; 10(2):134-9.

American College of Sports Medicine. Exercise and

acute cardiovascular events: Placing the risks into

perspective. Med Sci Sports Exerc. 2007; 39:(8)86-

Stathokostas L, Jacob S, Petrella RJ, Paterson DH.

Longitudinal changes in aerobic power in older men

and women. J Apl Phisiol. 2004; 97(2):784-9.

Chang JA, Froelicher VF. Clinical and exercise test

markers of prognosis in patients with stable coronary

artery disease. Curr Probl Cardiol. 1994; 19(9):533-

Myers J, Prakash M, Froelicher V, Do D, Partington S,

Atwood E. Exercise capacity and mortality among men

referred for exercise testing. N Engl J Med. 2002;

(11):793-801.

Maiorana A, O’Driscoll G, Dembo L, Cheetham C,

Goodman C, Taylor R, et al. Effect of aerobic and resistance exercise training on vascular function in

heart failure. Am J Physiol Heart Circulation Physiol.

; 27(4):199-205.

McConnell T, Clark B. Prediction of maximal oxygen

consumption during handrail-supported treadmill

exercise. J Cardiopulm Rehab. 1987; 7(7):324-31.

Deurenberg P, Weststrate JA, Seidell JC. BMI as

measure of body fatness. Br J Nutr. 1991; 65(2):105-

Hagberg JM, Montain SJ, Martin WH, Ehsani AA. Effect

of exercise trainingin 60- to 69-year-old persons with

essential hypertension. Am J Cardiol. 1989;

(5):348-53.

Jannig PR, Cardoso AC, Fleischmann E, Coelho CW,

Carvalho T. Influência da ordem de execução de

exercícios resistidos na hipotensão pós-exercício em

idosos hipertensos. Rev Bras Med Esp. 2009;

(5):338-41.

McMahon FG, Fujioka K, Singh BN, Mendel CM, Rowe

E, Rolston K, et al. Efficacy and safety of sibutramine

in obese white and African American patients with

hypertension: A 1-year, double-blind, placebocontrolled,

multicenter trial. Arch Intern Med. 2000;

(2):185-91.

Oliveira Filho A, Shiromoto RN, Filho AO, Shiromoto

RN. Efeitos do exercício físico regular sobre índices

preditores de gordura corporal: índice de massa

corporal, relação cintura-quadril e dobras cutâneas.

Rev Educ Fis UEM. 2001; 12(2):105-12.

Hajjar I, Kotchen JM, Kotchen TA. Hypertension:

Trends in prevalence, incidence, and control. Annu

Rev Public Health. 2006; 27(4):465-90.

Sonmez K, Akcakoyun M, Akcay A, Demir D, Duran

NE, Gencbay M, et al. Which method should be used

to determine the obesity, in patients with coronary

artery disease? (body mass index, waist circumference

or waist-hip ratio). Int J Obes Relat Metab Disord.

; 27(5):341-6.

Janssen I, Katzmarzyk PT, Ross R. Waist circumference

and not body mass index explains obesity-related

health risk. Am J Clin Nutr. 2004; 79(2):379-84.

Da Silva MC, Rombaldi AJ, Campos ALP. Ordem dos

exercícios aeróbios e de força na aptidão física de

mulheres acima de 50 anos. Rev Bras Cineantropom

Desempenho Hum. 2010; 12(2):134-9

Church TS, Earnest CP, Skinner JS, Blair SN. Effects of

different doses of physical activity on cardiorespiratory

fitness among sedentary, overweight or obese

postmenopausal women with elevated blood

pressure: A randomized controlled trial. JAMA. 2007;

(16):2081-91.

Mediano MF, Aragão AH, Chame F, Barbosa JS, Batista

LA. Efetividade de um programa de exercícios físicos

sobre níveis tensionais em hipertensos controlados.

Braz J Biomotricity. 2008; 1(2):78-88.

Campos ALP, Corrêa LQ, Silva MC, Rombaldi AJ,

Afonso MR. Efeitos de um programa de exercícios

físicos em mulheres hipertensas medicamentadas. Rev

Bras Hipertens. 2009; 16(4):205-9.

Campos AP, Del Ponte L, Cavalli AS, Afonso MR, Schild

JF, Reichert FF. Effects of concurrent training on health

aspects of elderly women. Braz J Kinanthropometry

Hum Performance. 2013; 15(4):437-47.




DOI: https://doi.org/10.24220/2318-0897v22n2a2126

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Ciências Médicas

ISSNe 2318-0897 (eletrônico)
ISSN 1415-5796 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.