Avaliação da capacidade antimicrobiana dos sistemas adesivos associados a própolis ou a antibióticos sobre S. mutans

Sérgio Luiz Pinheiro, Tamara Camarota Nascimento, Thiago Bernardes, Fellipe Henrique D’Ottaviano Soares Silvestre, Mariângela Cagnoni Ribeiro

Resumo


Objetivo

O objetivo deste trabalho foi avaliar, in vitro, a capacidade antimicrobiana dos sistemas adesivos (Excite e Prime Bond) associados a 5% do extrato de própolis ou a antibióticos (metronidazol, ciprofloxacina e cefaclor- 1% de cada) diante da cepa padrão de S. mutans.

Métodos

Seis grupos foram avaliados - G1 controle: Excite; G2 controle: Prime & Bond; G3: Excite associado a 5% de própolis; G4: Excite associado aos antibióticos; G5: Prime & Bond associado a 5% de própolis e G6: Prime & Bond associado aos antibióticos. Placas de Müller-Hinton (MH) foram semeadas com a suspensão bacteriana e 0,1mL de cada amostra foi colocado em discos de filtro estéreis nas placas MH. Os procedimentos foram realizados em triplicata. As placas foram incubadas em anaerobiose por cinco dias. Os halos de inibição do crescimento bacteriano foram medidos (em milímetros) por um único leitor devidamente treinado. Os resultados obtidos foram submetidos ao teste Kruskal-Wallis.

Resultados

As médias aritméticas e os desvios-padrão foram: Excite (0 ± 0); Prime & Bond (0± 0); Excite associado a 5% de própolis (0 ± 0); Excite associado aos antibióticos (9 ± 0); Prime & Bond associado a 5% de própolis (0 ± 0); Prime & Bond associado aos antibióticos (1,66 ± 0,57).

Conclusão

Os sistemas adesivos Excite , Prime & Bond , Excite associado a 5% de própolis e Prime & Bond associado a 5% de própolis não apresentaram efeito antimicrobiano diante das cepas de S. mutans. O sistema adesivo Excite associado aos antibióticos apresentou o maior halo de inibição sobre S. mutans com diferenças estatisticamente significantes (p<0,05) em relação ao Excite, Prime & Bond, Excite associado a 5% de própolis e Prime & Bond associado a 5% de própolis.

Termos de Indexação: Adesivos dentinários. Agentes antibacterianos. Dentística.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Ciências Médicas

ISSNe 2318-0897 (eletrônico)
ISSN 1415-5796 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.