Universidade Católica: Fé e Cultura

Prof. Dr. Pe. Paulo Sérgio Lopes Gonçalves

Resumo


Objetiva-se neste artigo apresentar filosófica e teologicamente a relação entre fé e cultura no âmbito da Universidade Católica. Justifica-se este objetivo a própria configuração espiritual da Universidade Católica, em que a professio fidei se efetiva na cultura universitária, marcada pelo desenvolvimento da ciência e da educação do homem visando seu convívio social. Deste modo, concentra-se no que é essencial da Universidade Católica, a ciência e a educação, e busca-se superar duas visões: a mera confessionalidade religiosa que minimiza tanto a atividade científica quanto a relação da Universidade com a sociedade; e a do cientificismo que prima pelo racionalismo e coloca a Universidade em relação com a sociedade, sem a iluminação da fé que propicia a geração de valores que a identificam como católica.

Texto completo:

PDF Remoto

Referências


AGOSTINHO. S. Confissões. São Paulo: Paulus, 1997.

CONCÍLIO VATICANO I. Constitutio dogmática Dei Filius de fide catholica de 24/04/1870. In: DENZINZER, H. (Org.). Enchiridion Symbolorum: Definitionum et declarationum ded rebus fidei et morum. Bologna: Edizioni Dehoniane, 1995. n.3000-3045.

CONCÍLIO VATICANO II. Concstitutio dogmática de divina revelatione Dei Verbum de 18/11/1965. Actas Apostolicae Sedis, n.58, p.817-836, 1966.

CONCÍLIO VATICANO II. Concstitutio pastoralis de ecclesia in mundo huius temporis Gaudium et Spes de 07/12/1965. Actas Apostolicae Sedis, n.58, p.1025-1115, 1966.

DAWKIN, R. Deus, um delírio. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

DERRIDA, J. O olho da Universidade. São Paulo: Estação da Liberdade, 1999.

FRANCISCO, Papa. Laudato Si’. Louvado sejas: sobre o cuidado da casa comum. São Paulo: Loyola, 2015.

FERRY, J.M. Filosofia da comunicação. São Paulo: Paulus, 2007.

GADAMER, H.G. Verdade e método (I): traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Petrópolis: Vozes, 2003.

GEFFRÉ, C. Crer e interpretar: a virada hermenêutica da teologia. Petrópolis: Vozes, 2004.

GEFFRÉ, C. Pluralité dês théologies et unitè de la foi. In: LAURET, B.; REFOULÉ, F. (Org.). Initiation à la pratique de la théologie (I): Introduction. Paris: Les Éditions Du Cerf, 1994. p.117-142.

GEFFRÉ, C. De Babel à Pentecôte: Essais de Théologie interreligieuse. Paris: Les Éditions Du Cerf, 2006.

GONÇALVES, P.S.L. A identidade da teologia no estudo da religião. Revista Eclesiástica Brasileira, v.71, n.281, p.17-46, 2011a.

GONÇALVES, P.S.L. Ontologia hermenêutica e teologia. Aparecida: Santuário, 2011b.

GONÇALVES, P.S.L. A revelação à luz da teologia transcendental. In: GONÇALVES, P.S.L. (Org.). Deus inefável: tratado temático do Deus da Revelação. Aparecida: Santuário, 2015. p.127-142.

GONÇALVES, P.S.L. Cristianismo hoje e amanhã: fé e cultura. In: BINGEMER, M.C.; ANDRADE, P.F.C. (Org.). O mistério e a história: ensaio de teologia em homenagem ao Pe. Félix Pastor por ocasião dos seus 70 anos. São Paulo: Loyola, 2003. p.174-205.

HAIGHT, R. Dynamics of theology. Maryknoll, New York: Orbis Books, 1999.

HEIDEGGER, M. Fenomenologia e teologia. In: HEIDEGGER, M. Marcas do caminho. Petrópolis: Vozes, 2008a. p.56-88.

HEIDEGGER, M. Carta sobre o Humanismo. In: HEIDEGGER, M. Marcas do caminho. Petrópolis: Vozes, 2008b. p.326-376.

JOÃO PAULO II, Papa. Constitutio apostólica Ex corde ecclesiae. Actas Apostolicae Sedis, n.82, p.1475-1509, 1990.

JOÃO PAULO II, Papa. Discurso inaugural pronunciado em el Seminario Palafoxiano de Puebla de los Angeles, México, el dia 28 enero de 1979. In: CELAM (Org.). Episcopado Latinoamericano. Conferencias Generales: Río de Janeiro, Medellín, Puebla, Santo Domingo. Santiago de Chile: San Pablo, 1993. p.229-245.

JOÃO PAULO II, Papa. Literrae encyclicae Feides et Ratio. L’Osservatore Romano, 16 ottobre 1998. p.25-34.

LE GOFF, J. Les intellectuels au moyen age. Paris: Editions du Seuil, 1985.

LEÃO XIII, Papa. Ep. Encycl. Aeterni Patris (1879). In: DENZINZER, H. (Org.). Enchiridion Symbolorum: Definitionum et declarationum de rebus fidei et morum. Bologna: Edizioni Dehoniane, 1995. n.3135-3140.

LÉVY, P. Cibercultura. São Paulo: Editora 34, 1999.

LIBÂNIO, J.B. Teologia e ciência. Revista Eclesiástica Brasileira, v.71, n.281, p.4-16, 2011.

LIMA VAZ, H.C. Escritos de filosofia (III): filosofia e cultura. São Paulo: Loyola, 2002.

METZ, J.B. Memoria passionais: Ein provozierendes Gedächtnis in pluralisticher Gesellschaft. Freiburg im Breisgau: Verlag Herder, 2006.

MORRA, G. Il quarto uomo: Postmodernità ou crisi della modernità. Roma: Armando Editore, 1992.

PASSOS, J.D. Doutrina Social da Igreja e Universidade Católica: afinidades, discernimentos e desafios. In: PASSOS, J.D.; SOARES, A.M.L. (Org.). Doutrina social da igreja e universidade: o cristianismo desafiado a construir cidadania. São Paulo: Paulinas, 2007. p.87-116.

PASTOR, F.A. El discurso del método enTeología. Gregorianum, Roma, v.76, n.1, p.69-94, 1995.

PASTOR, F.A. Teologia e modernidade: alguns elementos de epistemologia teológica. In: GONÇALVES, P.S.L.; TRASFERETTI, J. (Org.). Teologia na pós-modernidade: Abordagens epistemológica, sistemática e teórico-prática. São Paulo: Paulinas, 2003. p.71-102.

PONTIFÍCIO CONSELHO JUSTIÇA E PAZ. Compêndio da Doutrina Social da Igreja. São Paulo: Paulinas, 2005.

RAHNER, K. Sul rapporto odierno fra Filosofia e Teologia, in Nuovi Saggi (V). Roma: Paoline, 1975a. p.95-118.

RAHNER, K. Sul rapporto intercorrente tra Teologia e Scienze attuali, in Nuovi Saggi (V). Roma: Paoline, 1975b. p.139-152.

RAHNER, K. Hörer dês Wortes: Schrifften zur Religonsphilosophie und zur Grundlegung der Theologie. Düsseldorf-Freiburg: Benziger-Herder, 1997.

RICOEUR, P. Il conflito delle interpretazioni. Milano: Jaca Book, 1995.

TURNER, F.M. (Org.). Newman e a idéia de uma universidade. Bauru: Edusc, 2001.

VATTIMO, G. Credere di Credere: è possibile essere cristiani nonostante la Chiesa? Milano: Garzanti, 1998.

VATTIMO, G. O fim da Modernidade: niilismo e hermenêutica na cultura pós-moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2002.




DOI: https://doi.org/10.24220/cfc.v1i1.3788

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Cadernos de Fé e Cultura

ISSNe 2525-9180 (eletrônico)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.