Visitantes florais de Paulownia Imperialis Sieb. Zucc - (Scrophulariaceae)

Maria de Jesus Vitali Veiga, Vera L. L. Machado

Resumo


Foram realizados estudos em Pau/ownia imperialis Sieb. Zucc - (Scrophulariaceae) sobre sistema de reprodução floral, diversidade, freqüência e constância dos insetos visitantes em diferentes horários. Também testou-se a influência dos fatores abióticos em relação às visitas. As coletas consistiram da observação do comportamento dos insetos, seguidas de suas capturas. A floração de Pau/ownia imperia/is apresentou uma grande variedade de visitantes, entre insetos de 8 ordens (principalmente Hymenoptera) e beija-flores. As espécies de insetos constantes em todas as coletas foram as abelhas Apis mellifera, P/ebeia droryana, Tetragonisca angustu/a e a vespa social Po/ybia ignobi/is mas, as duas primeiras foram também as mais freqüentes. A. me/lifera apresentou picos de atividades nos períodos da manhã (10:00 às 11 :00 h) e no meio do dia (12:00 - 13:00h) e P/ebeia droryana entre 12:00 -13:00h e 14:00 - 15:00h. Foram considerados polinizadores legítimos, adaptados à flor, A. me/lifera, Bombus morio e Eu/aema nigrita, bem como o beija-flor, Eupetomena macroura. Através da análise estatística observou-se que P. droryana apresentou correlação significativa com luminosidade, temperatura e umidade. A. mellifera somente apresentou correlação significativa com horário e luminosidade. Através dos testes de reprodução, pode-se dizer que P. imperialis é uma planta autocompatível que necessita dos agentes polinizadores. HPau/ownia imperialis Sieb. Zucc - (Scrophulariaceae) flower visitors".


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Bioikos

ISSNe 2318-0900 (eletrônico)
ISSN 0102-9568 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.