Densidade larvária por Aedes (Stegomyia) aegypti (Linnaeus, 1762) (diptera-culicidae) e a relação com epidemia de dengue em Santa Bárbara D'Oeste - SP - Brasil

Osias Rangel, Alessandra Archilha Vido, Odair Ferreira Leite

Resumo


Foi realizado acompanhamento acerca da introdução, aumento da população e sazonalidade do Aedes aegypti, cujos atributos estão diretamente relacionados a eventos epidêmicos de Dengue, tal como o ocorrido em Santa Bárbara d'Oeste no primeiro semestre de 1995. O parâmetro de medida utilizado para avaliar foi o número de larvas encontradas nos focos e a infestação domiciliar, estimado pelo índice de Breteau. Pelos resultados obtidos notou-se um aumento crescente da população com redução apenas em 1995. Os meses de maiores índices foram entre novembro a junho.

Palavras-chave: Aedes aegypti - densidade populacional- Dengue - medidas de controle.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Bioikos

ISSNe 2318-0900 (eletrônico)
ISSN 0102-9568 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.