Comunidades de formigas em dois ciclos de cultivo de arroz irrigado na planície costeira do Rio Grande do Sul

Aline Bianca Moraes, Elena Diehl

Resumo


Algumas espécies de formigas têm a capacidade de explorar e se adaptar a ambientes perturbados, enquanto outras sofrem grandes reduções na densidade de suas populações, podendo, inclusive, serem extintas localmente. As inundações são consideradas como importantes perturbações na dinâmica das populações dos organismos edáficos. Como a cultura do arroz irrigado tem seus períodos de plantio, colheita e entressafra, caracterizados pelas variações nos níveis de inundação, poder-se-ia esperar alterações na riqueza e composição das comunidades dos organismos do solo. Assim, este trabalho objetivou avaliar a comunidade de formigas nos períodos de plantio, colheita e entressafra em dois ciclos de cultivo (2004/2005 e 2005/2006) em uma área (29º31’S; 50º54’W) na planície costeira do Rio Grande do Sul. Por período, foram feitas cinco repetições, sendo que em cada uma, foram traçados três transectos de 50m, onde foram feitas coletas com iscas de sardinha e com armadilhas de solo. A riqueza total observada foi de 24 espécies. O valor da riqueza estimada, para as amostras com iscas (Sest=19,9) ou com armadilhas de solo (Sest=24,9), foi similar ao da riqueza observada por cada técnica, indicando que o esforço amostral foi suficiente. Em todos os períodos dos dois ciclos, a espécie dominante foi Solenopsis invicta Buren. Comparando a riqueza observada nos três períodos do Ciclo 1 com as do Ciclo 2, a diferença não foi significativa (÷2=0,631; g.l.=2). Também não houve diferenças significativas quando realizada a comparação entre os períodos do Ciclo 1 (÷2=0,500; g.l.=2) ou do Ciclo 2 (÷2=0,298; g.l.=2). Apesar de ocorrerem mudanças no nível da lâmina d’água de um período para outro, as variações na riqueza e composição de espécies entre períodos e entre ciclos foram muito pequenas, possivelmente pelo pequeno espaço de tempo decorrido entre eles.

Palavras-chave: Formicidae. Insecta. Mirmecofauna de solo. Rizicultura.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Bioikos

ISSNe 2318-0900 (eletrônico)
ISSN 0102-9568 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.