Aquaponia: aproveitamento do efluente do berçário secundário do Camarão-da-Amazônia (Macrobrachium amazonicum) para produção de alface (Lactuca sativa) e agrião (Rorippa nasturtium aquaticum) hidropônicos

Daniela Castellani, Antonio Fernando Monteiro Camargo, Eduardo Gianini Abimorad

Resumo


A água oriunda da aquicultura geralmente é rica em nutrientes, especialmente em compostos de nitrogênio e fósforo, apresentando grande potencial para o uso em produção de vegetais hidropônicos. Neste sentido, o presente trabalho teve o objetivo de avaliar o aproveitamento da água de viveiros berçários de camarão-da-amazônia (Macrobrachium amazonicum) para o cultivo hidropônico de agrião (Rorippa nasturtium aquaticum) e alface (Lactuca sativa). O experimento foi desenvolvido no Centro de Aquicultura da Universidade Estadual Paulista Jaboticabal (SP), durante o inverno. Três bancadas hidropônicas foram montadas sobre três viveiros, cuja água foi bombeada para os canais hidropônicos em intervalos alternados de 15 minutos. As mudas das plantas foram transplantadas para o sistema com 25 dias após a semeadura e permaneceram por 45 dias até serem colhidas. Cinco tratamentos (Testemunho; duas pulverizações semanais sem gotejamento; duas pulverizações semanais com gotejamento; uma pulverização semanal sem gotejamento; uma pulverização semanal com gotejamento) foram utilizados para avaliar os efeitos da adição de solução nutritiva sobre a fitomassa das plantas produzidas. As plantas de agrião alcançaram o peso comercial em todos os tratamentos, enquanto as plantas de alface não o atingiram. O tratamento uma pulverização semanal com gotejamento propor-cionou maiores médias de fitomassa fresca nas plantas de agrião em relação aos demais tratamentos. As plantas de alface apresentaram maiores médias de fitomassa fresca, principalmente da parte aérea, para o tratamento duas pulverizações semanais com gotejamento. Conclui-se que a integração da carcinicultura de água doce com hidroponia foi suficiente para atender a demanda por nutrientes somente do agrião, obtendo plantas com maiores fitomassas quando suplementadas com solução nutritiva por meio de gotejamento e de apenas uma pulverização semanal.

Palavras-chave: Carcinicultura. Qualidade de água. Solução nutritiva.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Bioikos

ISSNe 2318-0900 (eletrônico)
ISSN 0102-9568 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.