Angiospermas arbóreas e arbustivas do campus da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita, Rio Claro (SP)

Carolina de Moraes Potascheff, Júlio Antonio Lombardi, Harri Lorenzi

Resumo


No levantamento das espécies arbóreas e arbustivas de Angiospermas do campus da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho de Rio Claro, através de caminhadas quinzenais entre dezembro de 2006 e setembro de 2008 por toda a área do campus, foram encontradas 198 espécies nativas e exóticas pertencentes a 50 famílias. A identificação das espécies foi feita in loco ou a partir da literatura especializada. Duas dessas espécies, Caesalpinia echinata e Dalbergia nigra, estão incluídas na Lista das Espécies da Flora Ameaçadas de Extinção, classificadas como em perigo e vulnerável, respectivamente. Essa listagem florística pode ser utilizada como material didático para estudos botânicos e práticas de atividades de educação ambiental. Comparando a diversidade florística do campus da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho de Rio Claro com a de outros campi, observa-se que a do presente trabalho foi a mais alta encontrada, mesmo quando incluídas, no levantamento, as gimnospermas, as palmeiras e outras formas de vida que não só as arbóreas e arbustivas, as quais não foram excluídas no presente trabalho.

Palavras-chave: Angiosperma. Arborização. Espécies cultivadas. Florística. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Bioikos

ISSNe 2318-0900 (eletrônico)
ISSN 0102-9568 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.