Aspectos fenológicos de Xylopia aromatica (Lam.) Mart. (Annonaceae) em vegetação de Cerradão, Goiás, Brasil

Michellia Pereira Soares, Paula Reys, Janailson Leônidas de Sá, Patrícia Oliveira da Silva, Thailliny Moraes Santos

Resumo


Xylopia aromatica (Lam.) Mart. é conhecida no estado de Goiás como pimenta-de-macaco, embira ou pindaíba. É uma espécie típica do domínio Cerrado, caracterizada como espécie pioneira, ocorrendo em áreas perturbadas, sendo abundante em locais bem iluminados. O estudo foi desenvolvido em vegetação de Cerradão no município de Rio Verde, Goiás. Neste trabalho foram caracterizados os índices de atividade e intensidade das fenofases reprodutivas e vegetativas de X. aromatica correlacionando-os à temperatura média, umidade relativa, precipitação e fotoperíodo. A floração da espécie ocorreu com maior intensidade no início da estação chuvosa e a frutificação foi mais intensa no final da mesma estação. A espécie pode ser considerada como sempre verde de crescimento contínuo. O início das fenofases reprodutivas e vegetativas não foi relacionado à ocorrência das chuvas, sugerindo que além da influência dos fatores próximos (abióticos) e evolutivos (bióticos) ainda existem fatores fisiológicos, morfológicos e endogâmicos que promovem essas fenofases.

Palavras-chave: Espécie pioneira. Índice de atividade. Índice de intensidade. Savana. Variáveis ambientais.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Bioikos

ISSNe 2318-0900 (eletrônico)
ISSN 0102-9568 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.