Fenologia da floração de espécies lenhosas em área em processo de restauração em Araras, São Paulo

Jussara Fernanda Santos, Kayna Agostini, Roberta Cornélio Ferreira Nocelli

Resumo


Os principais objetivos da restauração florestal estão relacionados à conservação da fauna e da flora e suas respectivas interações, por isso o monitoramento e a avaliação de projetos de restauração tornam-se muito importantes. As principais formas de avaliação  desses projetos utilizam padrões estruturais, mas padrões funcionais devem ser considerados. Informações fenológicas em projetos de restauração estão relacionadas a padrões funcionais, por isso o objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento da fenofase de floração de 8 espécies lenhosas de uma área em processo de restauração com 3 anos de idade localizada no Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal de São Carlos, São Paulo. Para isso, foram utilizados índices de atividade e de intensidade para fazer inferência sobre a ocorrência e a disponibilidade de recursos florais. Foram observados todos os indivíduos de 7 espécies plantadas e 18 indivíduos de uma espécie regenerante, em uma área de um hectare, no período entre janeiro e dezembro de 2011. O período de floração com maior sincronismo e intensidade entre as espécies plantadas foi de janeiro a março, na estação mais quente e úmida do ano. Nos meses mais frios e secos, a espécie Solanum lycocarpum foi importante para manutenção de flores na área. Conclui-se que ainda é necessária maior diversidade de espécies lenhosas com flores nesse período para ocorrer sequência na floração durante todo o ano, e assim disponibilizar recursos florais continuamente.

Palavras-chave: Fenologia. Florescimento. Sincronismo.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Bioikos

ISSNe 2318-0900 (eletrônico)
ISSN 0102-9568 (impresso)

Este site é melhor visualizado utilizando navegador gratuito Firefox.